08/04/2010 às 15h28min - Atualizada em 08/04/2010 às 15h49min

EXTRA!!! EXTRA!!!

Artista Uraiense no "Guiness"!!!

Em Uraí, o maior terço de madeira do Brasil entra para o Livro dos Recordes

OProdutor rural José Benedito Gomes, 69 anos, entrou para o Ranking Brasileiro do livro dos recordes “ Guiness Book” como o escultor do maior terço em madeira do Brasil. Só o crucifixo tem mais de 3 m por 1,90m. São 309 quilos de madeira (Santa Bárbara, Grevílea, Cerejeira e Timburi), distribuídos entre as contas gigantes que se espalham pelo seus 30 metros.Foram seis meses para terminar o trabalho que está exposto na igreja matriz Nossa Senhora Aparecida, em Uraí(região norte do Paraná0. Religioso Gomes doou a peça feita nas horas vagas.Dizem que vale muito dinheiro mais não quero nem saber. Sou católico e isso não é o meu sustento.

O dom foi descoberto aos oito anos de idade quando esculpiu com um canivete a primeira peça: uma cobra de madeira , inspirada por um toco encontrado no chão enquanto caminhava pela roça ao lado do pai. A escultura é uma das menores que ele já fez e tem sessenta anos. Ela está guardada ao lado de outras que formam o “acervo” exposto na sala de sua casa a 10 Km do centro de Uraí. Uma bíblia com a face de Cristo em alto relevo,um quadro de pombos com os filhotes no ninho retratando a família, outro com as diferentes matrizes de um livro que retratava um mendigo apaixonado ganhou vida numa escultura ao lado de um cavalo “coisas” da natureza. Os temas são sempre ligados ao campo ou a religião. Nenhuma peça é vendida. É uma herança que ele pretende deixar para os quatro filhos.

 

Autodidata

Na chegada, visualiza-se o seu primeiro trabalho, uma placa suspensa na varanda com o s dizeres “Bem Vindo ao Meu Refúgio”. Autodidata, o artista numca viu ninguém esculpindo, nem recebeu aulas sobre a arte. Faz seu direto na peça, sem desenho.

Gomes recebe inúmeras visitas vindas de diferentes locais para vê-lo esculpindo. Na década de 70 recebeu a visita de críticos de arte do Brasil, da Argentina e da Alemanha que queriam expor seus trabalhos. Até hoje Aguardam uma resposta.

Na década de 90, o presépio talhado num único tronco de Timburi foi levado à Paris na exposição de presépios natalinos “ Lês Creches du Bout “.

Também participou de exposições no Ibirapuera em São Paulo, onde conquistou o primeiro lugar do concurso  concorrendo com outras 380 obras e em Curitiba com outras obras.

Há 40 anos em Uraí , numca quis largar o plantio de verduras e soja para ganhar dinheiro com arte. “ A lembrança que tenho é que aleijadinho fez tanta obra e morreu pobre. Pus isso na minha cabeça e numca mudei”, relata.

Acanhado, esconde os diversos formões que ultiliza como ferramentas.

Os sonhos são dois: fazer uma Santa Ceia em tamanho natural e um parque temático, com uma imagem de Jesus com o corpo formado por uma represa que possa ser visualizado do alto e outros temas bíblicos.

 

 

Créditos:

Matéria impressa: Boletim Informativo – FAEP

Reportagem por: Cynthia Calderon

Fotos: Cleverson Beje

Matéria Encaminhada por indicação de: Maria Tereza Sborquia (Sindicato Rural de Uraí)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »