24/03/2010 às 10h39min - Atualizada em 24/03/2010 às 10h39min

Clima tenso permeia encontro de Obama e Netanyahu

Autoridades se reuniram nesta terça-feira na Casa Branca para discutir processo de paz no O.Médio

foto: AFP PHOTO

Nesta terça-feira, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se encontrou com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. O objetivo da reunião, além de tudo, era aliviar a tensão gerada entre os dois países depois que Tel Aviv anunciou a expansão de assentamentos judaicos em Jerusalém, o que gerou uma enxurrada de críticas da comunidade internacional.

Na última segunda-feira, contudo, Netanyahu havia feito declarações desafiadoras diante das críticas norte-americanas para o plano expansionista israelense. Segundo ele, a retomada do processo de paz pode levar mais de um ano caso os palestinos continuem exigindo o congelamento total da expansão dos assentamentos em territórios ocupados.

“Não podemos ficar presos por uma exigência ilógica e não-razoável”, disparou o premiê. “Isso poderia manter as negociações de paz suspensas por mais de um ano”, complementou.

O entrevero envolvendo as duas partes parece estar longe de um desfecho, tanto que é nitidamente um incômodo para ambos. Nesta terça, a imprensa foi proibida de cobrir o evento. Além disso, a dupla não falou conjuntamente em público – o que acontece na maioria dos casos quando dois líderes dessa estirpe se reúnem.

fonte: Jovem Pan.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »