09/03/2010 às 09h34min - Atualizada em 09/03/2010 às 09h46min

Atleta morto em jogo de futsal é enterrado no PR

Robson Costa, de 23 anos, faleceu ao ter seu corpo perfurado por madeira que se soltou da quadra

Dois dias após a inusitada tragédia na cidade paranaense de Guarapuava que culminou com a morte do jogador de futsal Robson Rocha Costa, o atleta de 23 anos foi enterrado na tarde desta segunda-feira em Foz do Iguaçu, onde nasceu. Toda a cerimônia foi custeada pelo clube do Guarapuava Deportivo.

O falecimento do atleta ocorreu por conta de um simples carrinho que aplicou em direção à linha de fundo, aos três minutos de jogo contra o Palmeiras/Jundiaí. Os problemas começaram quando um pedaço do piso (madeira) se soltou e perfurou seu corpo.

A madeira de 30 centímetros se quebrou dentro do corpo do jogador e provocou hemorragia interna em órgãos vitais, o que causou o óbito horas depois da partida, já no Hospital São Vicente, na manhã de domingo.

José Valter Liberato, supervisor do Guarapuava Deportivo, classificou o episódio como uma enorme fatalidade. "Todos estão muito tristes e emocionados. Foi feita uma homenagem ao jogador pelo povo em Guarapuava, que ficou muito triste com a notícia. Os jogadores autografaram uma camisa e deram para a mãe dele como forma de lembrar a passagem do jogador pela cidade", disse.

Robson estava prestes a assinar contrato de cinco anos com uma equipe japonesa e mudar para o país asiático com a noiva a partir de julho.

Fonte: JP Online.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »