25/01/2021 às 11h48min - Atualizada em 25/01/2021 às 11h48min

PM DE URAÍ PRENDE HOMEM POR AGRESSÃO A ESPOSA E POR EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

Dep. Jornalismo Milenium Fm
Na noite deste domingo 24 de janeiro a equipe de Plantão da Polícia Militar do 3º Pelotão,  em patrulhamento pela rua Lisboa, se deparou com um individuo conduzindo um veículo corsa preto o qual vinha da rua Sebastião Vince e realizou uma conversão para rua Lisboa, realizando uma arrancada brusca.
Dessa forma a equipe observou que o condutor estava em luta corporal com o passageiro, e  imediato a equipe realizou a conversão de retorno e o condutor acelerou ainda mais o veículo, foi utilizado sinais luminosos e sonoros da viatura para que o condutor parasse e ainda foi dado voz de abordagem, entretanto, o condutor não parou e continuou a fuga dirigindo de maneira perigosa em alta velocidade, a equipe continuou com o acompanhamento ao veículo, até  que na rua Dália foi possível realizar abordagem e verificaram que havia uma mulher caída no banco da frente.
O condutor  foi identificado como G.F.  estava enforcando a mulher,  momento em que foi dado ordem legal  para que ele soltasse a mulher e mesmo assim resistiu, sendo necessário intervenção e a utilização de força moderada para conter a injusta agressão que estava causando  a mulher,  identificada como sendo D.A.B.
De acordo com a PM  foi possível observar sintomas de embriaguez no G.F.,  que estava  falante, com desordem nas vestes, hálito etílico, arrogância, agressividade e inquieto.
Diante do exposto G.F. foi encaminhado até a delegacia de Polícia Civil onde foi oferecido a realizar o teste do Etilômetro, mas o mesmo se recusou e foi  lavrado o  termo de recusa do exame  e também foi lavrado as notificações  conforme preconiza o código nacional de transito .
Ressalta que a senhora D.A.B. passou por atendimento médico na santa casa de Uraí, a qual apresentava escoriação no braço direito, face e na boca.
Na delegacia a vitima passou a declarar que convive com o G.F.  e estavam em Rancho Alegre com as duas filhas, uma de 2 anos e outra de 12 anos na casa de sua mãe, em um jantar e teriam consumido  bebidas alcoólicas, foi quando G.F. começou a falar e a ofender a vitima devido a ciúmes e nesse momento ela pediu para vir embora para Uraí, devido que sua mãe não queria ficar ouvindo as ofensas. Então saíram e G.F. veio conduzindo  o veículo GM /Corsa,  no meio do caminho ele ficou agressivo e começou a dar tapas em D.A.B. e ainda pediu para filha de 12 anos pegar a outra  de 2 anos porque caso contrario iria matar todas e continuou  com agressão puxando os cabelos e dando tapas por todo o trajeto.
Diante de tanta agressão  a vitima ficou apavorada e não conseguia pedir socorro, foi quando já em Uraí a  equipe de plantão visualizou o veículo e lograram êxito na abordagem e prisão de G.F.
A equipe PM  orientou o acusado quanto aos seus direitos legais  e foi dado voz de prisão e  encaminhado para delegacia de policia civil de Uraí para dar prosseguimento legal aos fatos .
Link
Notícias Relacionadas »