01/05/2020 às 20h21min - Atualizada em 01/05/2020 às 20h21min

Jovem suspeito de assassinar advogado em Cornélio Procópio é encontrado morto em república de estudantes

Anuncifácil
Na manhã de sexta-feira (1), por volta das 10h30, equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, SIATE e SAUMU de Cornélio Procópio foram acionadas para comparecer até uma república de estudantes localizada na Rua do s Expedicionários, próxima a área central da cidade, onde um jovem estudante da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal), que trabalhava como tatuador, identificado como Junio Bráz, 22 anos, foi encontrado morto, vítima de enforcamento.

De acordo com a Tenente Valéria do Setor de Comunicação Social do 18 Batalhão da Polícia Militar, com sede em Cornélio Procópio, evidências encontradas no local onde o corpo estava levam a crer que o rapaz teria tirado a própria vida, sendo ele o principal suspeito da morte do advogado Emilson de Oliveira, 64 anos, ocorrida na tarde do dia anterior.

Segundo investigações apuradas após o crime junto a testemunhas e pessoas ligadas ao advogados, como também ao estudante, Junio Bráz, 22 era inquilino de Emilson e sua mãe a fiadora do imóvel que ele alugava, que estaria com o pagamento atrasado, visto que o rapaz se encontrava sem trabalho em razão de não haver clientes, que sumiram após pandemia causada pelo Covid-19 e a evasão de estudantes que tiveram as aulas suspensas.

Junio teria ficado insatisfeito após Emilson ter cobrado a sua mãe os aluguéis atrasados, o que motivou o assassinato, revelou a Tenente Valéria.

Junio usou uma faca para golpear duas vezes o peito do advogado após o procurar em seu escritório e a arma do crime, as roupas usadas por ele já haviam sido encontradas pela policia após o crime.

O corpo de Junio Bráz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Londrina após a liberação da equipe da Polícia Civil, que colheu todos os dados da cena da morte do rapaz.

As duas mortes ainda serão investigadas pela Polícia Civil, que assumiu o caso e abriu inquérito para apurar os fatos, informou a Tenente Valéria.

Link
Notícias Relacionadas »