28/10/2009 às 12h08min - Atualizada em 28/10/2009 às 12h08min

Dentes arrancados de adolescente do DF eram saudáveis, conclui IML

Peritos concluíram que não havia necessidade de extrair os 26 dentes. Apenas dois deveriam ser arrancados pelo dentista, segundo eles.

G1

O Laboratório de Antropologia Forense do Instituto Médico Legal (IML) de Brasília fez a análise detalhada dos dentes extraídos do adolescente de 17 anos, no dia 24 de setembro, no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Os peritos concluíram que não havia a necessidade de extrair os 26 dentes do jovem. De acordo com eles, apenas os dois que estavam previstos e autorizados pela família deveriam ter sido arrancados. O laudo vai ser anexado ao inquérito que investiga a responsabilidade do dentista.

 

VEJA TAMBÉM O VIDEO EM NOSSOS VIDEOS.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »