28/10/2009 às 08h54min - Atualizada em 28/10/2009 às 09h05min

Ameaçado, Palmeiras 'esquece' clássico e vê Corinthians esquentar duelo

Palmeiras e Corinthians estão a apenas quatro dias do clássico em Presidente Prudente. Os arquirrivais, no entanto, estão separados por objetivos distintos na reta final do Brasileiro e por isso encaram a partida de maneiras bem diferentes. Enquanto o clube alviverde evita falar do duelo para antes se recuperar da má fase que atravessa, o time alvinegro vive um período mais tranquilo e já demonstra grande foco no dérbi do fim de semana.

UOL ESPORTES

Líder da Série A, o Palmeiras vive um jejum de quatro partidas sem vitórias e vem de três derrotas consecutivas. O mau momento e a ameaça à primeira posição deixaram a equipe em alerta e com a necessidade de uma reação rápida diante do Goiás, rival desta quinta-feira. Ou seja, o time ainda mostra pouca preocupação com o adversário do Parque São Jorge.

"Não adianta pensar em nada que não seja o Goiás neste momento. Precisamos dessa vitória de qualquer jeito. É a chance que temos para nos redimir e mostrar que seguimos fortes na briga do título. Depois pensaremos nos outros times", destacou o volante Edmílson.

A ansiedade pela reação diante da equipe esmeraldina é tamanha que o técnico Muricy Ramalho pediu pela primeira vez por um "refúgio" em Atibaia para tentar mudar o astral em torno da equipe. "Esta é a melhor forma de apresentarmos um futebol diferente. Essa viagem só nos traz benefícios e temos que mostrá-los na quinta", afirmou Diego Souza.

O Corinthians, por outro lado, tem poucas pretensões nas últimas rodadas do Brasileiro. De olho no ano do centenário, o clube alvinegro se preocupa apenas em terminar a competição da melhor maneira possível.

A pressão minimizada por um resultado positivo contra o Vitória nesta quarta-feira é suficiente para deixar a equipe com grandes expectativas para o clássico do fim de semana. Tanto, que o elenco corintiano já mostra preocupação com a partida há um bom tempo.

"O Palmeiras está vacilando e os outros estão chegando. Como corintiano, gostaria que outro time ganhasse. Mas é no clássico que vamos ver quem é quem e precisamos sair com a vitória", afirmou o volante Jucilei mais de uma semana antes do clássico.

O técnico Mano Menezes chegou até mesmo a recomendar cuidado nas declarações dos jogadores para evitar qualquer polêmica antes do confronto em Presidente Prudente.

"Em grandes jogos é preciso ter comportamento de time grande e mostrar a capacidade de vencê-los. São parâmetros importantes para mensurar o quanto estamos melhorando e se estamos nos tornando confiáveis novamente", ressaltou o comandante alvinegro, comentando a importância do dérbi para melhorar a fase da equipe.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »