22/03/2019 às 09h51min - Atualizada em 22/03/2019 às 09h51min

PM de Cornélio Procópio encontra crianças perdidas na PR 160, na saída para Leópolis – Pais são acusados de Abandono de Incapaz

Anuncifacil
De acordo com o SGT Alves da Polícia Militar de Cornélio Procópio, nas primeiras horas da manhã de quarta feira (20), o SD Ruzza da PM de Sertaneja, que após deixar o seu plantão, voltava para casa em Cornélio Procópio com seu veículo e ao passar pelo trevo do Conjunto Fortunato Sibim, na PR-160, visualizou duas crianças pequenas e sozinhas na beira da rodovia.

Segundo o SGT Alves, logo o policial militar parou e procurou saber o que as crianças estariam fazendo por ali, onde estariam seus responsáveis e a razão de estarem descalças, ainda de pijamas, mas sem êxito, apenas foi informado por populares que as mesmas já haviam sido vistas naquele local em outro dia.

Diante disso, o SD Ruzza acionou a 1ª Companhia, que enviou uma equipe, que ao chegar tentou tirar alguma informação das crianças, porém por serem muito pequenas, estas mal sabiam seus nomes.

Então foi acionado o Conselho Tutelar e as crianças levadas para a sede da 2ª Companhia, onde foram alimentadas e no momento que era feito o registro da situação, a mãe das crianças entrou em contato, afirmando que fora avisada do fato pelos vizinhos.

A mulher foi chamada a comparecer na sede da PM para buscar os filhos, mas não demostrou interesse, afirmando que naquele momento não poderia, informou o SGT Alves.

Posteriormente o pai foi até a 1ª Companhia, onde afirmou que saiu para trabalhar por volta das 7 horas da manhã, deixando os filhos sob os cuidados da mãe, mas antes de sair deixou a casa e portões bem trancados.

Uma equipe policial foi até a casa das crianças, no Conjunto Fortunato Sibim, mas longe do local onde foram encontradas, onde conversaram com a mãe, que relatou que seus filhos, uma menina de 4 anos e um menino de 2, tinham sido deixados na sala da casa assistindo televisão após acordarem.

Disse ainda que tinha os deixado ali e foi limpar o seu quarto, mas fechou a porta do mesmo para não incomodá-los e ao terminar o serviço, ao voltar na sala, não mais os encontrou.

Cabe salientar que uma das crianças é altista, sendo aluna da APAE e a mãe já havia a esquecido na instituição anteriormente, conforme relatos, afirmou o SGT Alves.

Em virtude de todos os fatos, todos envolvidos foram encaminhados a 11ª SDP, sendo os pais autuados pelo crime de Abandono de Incapaz, finalizou o SGT Alves.

 

Link
Notícias Relacionadas »