01/03/2019 às 14h47min - Atualizada em 01/03/2019 às 14h47min

Neto de Lula morre de meningite em hospital de Santo André

r7

Arthur Araújo Lula da Silva, 7 anos, neto do ex-presidente Lula, morreu às 12h11 desta sexta-feira (1º) no Hospital Bartira, em Santo André (SP). A defesa do ex-presidente já pediu que ele seja liberado da prisão para ir ao velório

De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital, a causa foi um agravamento de um "quadro infeccioso de meningite meningocócica". O garoto havia dado entrada no hospital às 7h20 desta sexta com "quadro estável", ainda segundo o hospital.

É o segundo parente próximo que Lula perdeu neste ano. Em 29 de janeiro, Genival Inácio da Silva, um de seus irmãos, morreu aos 79 anos, vítima de um câncer no pulmão. Genival era conhecido como "Vavá" e, assim como Lula, também foi metalúrgico. 

 

Na ocasião, o ex-presidente, que está presona Superintendência da Polícia Federal em Curitiba para cumprir pena de 12 anos e 1 mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex de Guarujá, pediu autorização à Justiça para ir ao velório de Vavá, em São Bernardo (SP). 

Após o pedido ter sido negado pelo desembargador do TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) Leandro Paulsen, a defesa de Lula recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), e, 20 minutos antes do enterro, o presidente da Corte, Dias Toffoli, autorizou a saída do ex-presidente para se encontrar com familiares em uma base militar de São Bernardo. Lula, no entanto, acabou se recusando a sair da prisão

Em nota, o PT declarou na ocasião: "A decisão do Supremo Tribunal Federal, reconhecendo o direito legal de Lula, chegou tarde demais para que ele acompanhasse o sepultamento do irmão mais velho". O partido do ex-presidente ainda disse que "a perseguição ao ex-presidente Lula não tem fim e neste episódio rebaixou-se ao nível da crueldade e da vingança".

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...