19/02/2019 às 13h52min - Atualizada em 19/02/2019 às 13h52min

Polícia Civil de Uraí desmantela quadrilha que aplicava golpes do bilhete premiado

Taroba News


Policiais civis de Uraí, 68 km de Londrina, cumpriram 3 mandados de busca e apreensão na região. Dois deles em Londrina e um em Jataizinho. Os alvos são suspeitos de integrarem uma quadrilha que aplicava o golpe do bilhete premiado. Em Londrina foram apreendidos R$ 900 em dinheiro e celulares.

Um dos locais onde houve buscas é uma casa no Jardim Portal de Versalhes, na zona oeste de Londrina. Outro mandado foi cumprido no residencial Vista Bela, na zona norte. A quadrilha agia em todo o estado e no interior de São Paulo. Segundo o delegado que coordena a ação, Fernando de Carvalho Santana, se trata de uma quadrilha especializada em golpes. "Os bandidos abordavam as vítimas, convenciam de que tinham um bilhete premiado. A encenação era feita com ligações falsas a lotérica e até a Caixa Econômica Federal. Os criminosos telefonavam para outros bandidos que se passavam por funcionários das instituições. A pessoa enganada acabava entregando dinheiro", completa o delegado.

Para chegar aos criminosos, a polícia teve autorização da justiça para interceptar conversas telefônicas. Durante as investigações, também foram identificados os veículos usados na pratica dos golpes.

As investigações 

As investigações começaram após um caso ser registrado em Uraí, em 1 de outubro do ano passado. Um dos suspeitos foi filmado por uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial. Ele conseguiu levar R$ 1200 reais da vítima. Uma segunda ocorrência foi registrada em 10 de janeiro deste ano, quando os suspeitos de envolvimento foram detidos em Florestópolis aplicando o golpe. Eles conseguiram levar R$ 5000 da vítima.

Outro caso aconteceu no dia 12 de fevereiro, na cidade de Tupã, interior de São Paulo. Os golpistas conseguiram enganar a vítima que entregou a quantia de R$ 5000, além de um perfume e um celular.

A quadrilha que já estava sendo monitorada pela Polícia Civil de Uraí, acabou sendo presa em flagrante quando chegava a Londrina. A operação contou com apoio da Delegacia de Estelionato de Londrina. O dinheiro e os objetos foram recuperados. Ao todo, 6 pessoas tiveram as prisões temporárias convertidas em preventivas, quando não há prazo para soltura. Dois inquéritos foram abertos.

(Reportagem Ticianna Mujalli)






ANGELICA VALENTIM DA SILVA
DARIO FARIAS FLAUSINO

DEIVA VARGAS

LUCAS TAVARES RESENDE

MARCOS PAULO VARGAS

PATRICIA DA SILVA ARAUJO



MARCIA MARIA DOS SANTOS ALMEIDA

LICA

ANDRE ARRUDA DA ROSA
Um dos suspeitos  filmado em uma câmera de segurança de estabelecimento Comercial


Link
Notícias Relacionadas »