01/11/2018 às 13h07min - Atualizada em 01/11/2018 às 13h07min

Preso suspeito de assassinar o jogador Daniel Corrêa

Fato Real


Conforme o Fato Real havia adiantado, estão presas três pessoas suspeitas de envolvimento no assassinato do jogador Daniel Corrêa. Todas da mesma família, sendo pai, mãe e filha.

Edison Brittes, principal suspeito de cometer o crime foi preso hoje pela manhã em sua casa, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A mulher de Edison, Cris Brittes, e a filha, Allana Brittes, também foram detidas, suspeitas de envolvimento no crime. Edison  se apresentou à delegacia na manhã desta quinta-feira  em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. A mulher do suspeito e a filha, também foram detidas para averiguação. Como havia mandado de prisão contra os três, eles permanecem presos à disposição da Justiça. As mulheres foram detidas para averiguação. Edson e a filha foram presos nesta manhã, já Alana na noite de ontem.

Na manhã de hoje, o suspeito, acompanhado do advogado, está na Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais, na região em que Daniel foi morto. A intenção dos policiais é encontrar a arma usada no crime, bem como o órgão sexual do jogador. Por enquanto, os policiais civis de São José dos Pinhais não falaram sobre o crime.

Motivação

De acordo com a imprensa do Paraná, Edison Brittes, que é comerciante, alega  que teria agido “em defesa da família dele”. O crime tem característica de motivação passional. 

Segundo o advogado,  o crime aconteceu na tentativa do cliente defender a esposa de uma tentativa de estupro. “Não existe versão, mas uma realidade. A realidade é que este rapaz, de nome Daniel, tentou estuprar a mulher dele”, afirmou Dalledone em entrevista à Banda B, na manhã desta quinta-feira.

Ainda durante a entrevista, Dalledone fez questão de defender o passado de seu cliente. “É um pai de família, pai de duas meninas, um comerciante de São José dos Pinhais e sem antecedentes criminais. Tem uma vida voltada ao trabalho e a crença em Deus, quando acabou sendo vítima deste sujeito. Se viu ali para defender uma tentativa de estupro e, em um momento assim, infelizmente as consequências podem ser graves”, concluiu.


Daniel foi encontrado morto na tarde do último sábado (27), com o pênis decepado. De acordo com o relato de uma testemunha, ele teria sido brutalmente espancado por quatro pessoas durante a festa que acontecia na casa de Edison, após ser flagrado na cama com Cris.

Fonte: Rádio Banda B.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

VOCÊ É A FAVOR DA LEGALIZAÇÃO DO PORTE DE ARMAS PARA A POPULAÇÃO?

64.0%
36.0%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...