28/11/2017 às 11h44min - Atualizada em 28/11/2017 às 11h44min

BOMBEIROS LOCALIZAM CORPOS DE OCUPANTES DE VEÍCULO LEVADO POR CORRENTEZA EM RIBEIRÃO CLARO

NP Diário

Por volta das 23h30m deste domingo, dia 26, ocorreu uma forte chuva no Norte Pioneiro.Um acidente vitimou quatro pessoas no KM 31 da PR-151 entre os municípios de Ribeirão Claro e Carlópolis.Eles retornavam de uma festa de aniversário. 

O motorista de um Gol (placas CJR-5949/Ribeirão Claro) com mais quatro ocupantes, entre eles, uma mulher grávida de seis meses e uma criança de três anos, parou próximo a uma ponte de um pequeno córrego que estava transbordando e tentou passar, porém, percebendo que não havia condições, engatou uma ré, mas pela quantidade de água, o motor do veículo parou e foi arrastado e levado pela correnteza.

                                  

Um dos tripulantes, o jovem chamado por Branco, quebrou o vidro, conseguiu sair do carro e se segurou num galho onde ficou até que a vasão da água diminuísse. As demais pessoas da mesma família não tiveram a mesma sorte e perderam as vidas afogadas.
O jovem trabalhador rural Murilo Henrique Camargo, 24 anos, que reside no Sítio Santa Lourena estava passando o domingo na Fazenda Esplanada, de propriedade de Jarbas Brambilla. Ele disse ao npdiario nesta segunda-feira ter notado a quantidade de água que se formou no ribeirão em apenas duas horas. Na companhia do primo Henrique e do tio Benedito, perceberam da casa onde estavam que um carro vinha rodando e saíram.
Depois de duas horas mais ou menos conseguiram percorrer o leito do rio e, após muito andarem encontraram, por volta das 3h30m da madrugada, dois corpos de homens, um já na grama e, o outro, enroscado nos galhos.Foi perto da fazenda Montoan. A Polícia Militar foi acionada.

 

O resgate final ocorreu em torno de 7h30 pelos Bombeiros da vizinha Jacarezinho e levados na sequência por profissionais do Instituto Médio Legal (IML) jacarezinhense.

Muito se comentou que o acidente ocorrera no Ribeirão Taquarucú, porém, foi num córrego, já que os moradores disseram que normalmente há muito pouca água no local em dias normais sem chuvas. Um dos pontos de referência onde o fato aconteceu fica a poucos quilômetros do Patrimônio Três Corações e Bairro Água da Mula.

Na manhã desta segunda-feira, o carro foi encontrado e retirado do ribeirão.
Também ontem cinco soldados do Corpo de Bombeiros estavam fazendo o trajeto de mais de quatro quilômetros dentro da água e nas imediações, com o apoio de moradores da região e populares, tentando encontrar os outros dois corpos. Os soldados que atendiam a ocorrência eram Cabos Moraes e Néia e os Soldados Hugo e Marchiori e o 3º Sargento Corrêa.

Murilo Camargo, um dos que encontraram os cadáveres, afirmou que há muitos anos morando na região nunca presenciou tanta água de chuva num curto espaço de tempo. Eram por volta das dez horas de hoje e ele ainda estava no local. “Como conheço bem por aqui fiquei para ajudar no que for preciso, mas está muito difícil. Já percorri um trecho de mais de 5km subindo e descendo o trecho e nada”, isse.
O comentário era de que os corpos da criança e da mulher poderiam ter seguido rumo à represa de Carlópolis.

Para o período da tarde uma equipe de Salva Vidas do Corpo de Bombeiros de Londrina com outros equipamentos de busca chegaram ao local.

Os quatro corpos foram resgatados e assim nesta terça-feira, dia 28, serão sepultados(Reportagem: Fábio Galhardi/ Especial para o npdiario).

 

TAGS

Link
Notícias Relacionadas »