06/11/2017 às 16h45min - Atualizada em 06/11/2017 às 16h45min

Policiais militares sofrem acidente com viatura durante acompanhamento tático a suspeito em Cornélio Procópio

Anuncifacil

De acordo com o Subtenente Carlos da Polícia Militar de Cornélio Procópio, por volta das 22h de domingo (6), quando voltavam de uma diligência na Santa Casa, onde está internado um dos meliantes que trocaram tiros com a PM de Bandeirantes, uma equipe da Rádio Patrulha avistou na Avenida XV de Novembro, na área central da cidade, um veículo Fiat/Uno em atitude suspeita.

Segundo o subtenente, ao avistar a viatura da RPA, o motorista do Uno fez uma arrancada brusca e se evadiu, o que motivou os policiais a solicitarem apoio e iniciarem um acompanhamento tático, ligando a sirene e os sinais luminosos da viatura para mostrar ao condutor do carro que ele deveria parar para uma abordagem, o que não ocorreu.

O motorista seguiu em alta velocidade em direção a Rua Francisco Morato, entre a Vila São Pedro e o centro da cidade, com a equipe policial em encalço, porém próximo a um depósito de bebidas, para evitar uma colisão frontal com outro veículo que vinha em direção à viatura, o condutor, o SD Sanches, foi obrigado a fazer uma mudança rápida de direção, vindo a perder o controle, que acabou em uma colisão contra a grade de proteção do depósito.

Ainda desgovernada, a viatura parou após colidir em um muro, deixando o SD Sanches, Ozeto e Ribeiro feridos, relatou o Subtenente Carlos.

O grupo do SIATE foi acionado e conforme informações do socorrista Ulysses, que estava acompanhado do socorrista Darci, ao chegar ao local, à equipe encontrou dois dos policiais deambulando pelo local e um deles ainda no interior da viatura, reclamando de dores, mas todos conscientes e orientados.

O socorrista informou que na avaliação inicial foram constados cortes e escoriações sem gravidade nos soldados Ribeiro e Ozeto, contudo, o SD Sanches, que conduzia a viatura, este havia sofrido uma forte contusão no joelho, havendo suspeita de fratura.

Todos eles foram encaminhados a Santa Casa, sendo logo liberados sem maiores problemas após tratamento de seus ferimentos e exames complementares.

A viatura, que ficou danificada, foi recolhida ao pátio do Batalhão de Trânsito e um inquérito técnico será aberto para apurar as circunstâncias do acidente, informou o Subtenente Carlos.

Quanto ao suspeito, o motorista do Uno, este já foi identificado e seus dados já foram passados para a Polícia Civil, que deverá abrir uma investigação sobre seu envolvimento na ocorrência, podendo ele ser acusado do crime desobediência à ordem legal da autoridade competente, finalizou o Subtenente Carlos.


Link
Notícias Relacionadas »