03/08/2017 às 14h58min - Atualizada em 03/08/2017 às 14h58min

Em Sertanópolis PR; Ação Conjunta Entre Polícia Civil e Militar Resulta na Prisão de Duas Pessoas e apreensão de Armas e Cigarros

SertanópolisNews

Na noite de quarta-feira (02/08/2017) a Polícia Civil em Conjunto com a Polícia Militar de Sertanópolis e de Bela Vista do Paraíso, prendeu dois indivíduos e apreendeu, uma submetralhadora artesanal, munições, simulacro, drogas e cigarros contrabandeados em Sertanópolis.

A Polícia Militar recebeu informações de que um veículo Captiva de cor prata estaria perseguindo um veículo Zafira de cor branco em alta velocidade pela contra-mão na Avenida Dr. Vacyr Gonçalves Pereira.

A Equipe saiu em diligências onde tiveram informações que o Delegado Dr. Damião Benassi Junior estaria realizando acompanhamento tático, porém os perdeu de vista. Em continuidade as diligências, a PM recebeu novas informações dando conta de que o veículo Zafira encontrava-se abandonado na Rua Carlos Polizeu, próximo ao Mercado Maranata.

No local os Policias lograram êxito em localizar o veículo Zafira de cor Branco de Placas IMA-2527, onde no interior foram localizados diversas caixas de cigarros, provavelmente produto de contrabando e um simulacro de pistola 9mm de cor preta em baixo do banco do motorista.

Devido ao veículo apresentar problemas mecânicos, o guincho foi acionado onde durante a espera os PMs receberam novas informações de que o Delegado Dr. Damião havia avistado um veículo Captiva ás margens do Lago Tabocó em atitude suspeita. A Equipe de Bela Vista do Paraíso foi acionada para dar apoio ao Delegado na abordagem.

No local foi abordado Guilherme Henrique Matias e Flavio Henrique Maruchelli da Silva onde em revista pessoal nada de ilícito foi localizado. Porém em revista ao veículo os Policiais localizaram dentro de uma bolsa uma submetralhadora artesanal com carregador alongado com capacidade para 30 munições, 27 munições Cal. 380 intactas, uma pequena porção de maconha, 4 munições calibre 380 deflagrada, 3 aparelhos celulares e uma quantia de R$ 671,00 em espécies.

Indagados, Guilherme informou que a mochila com a arma, munições e droga é de sua propriedade e que efetuou 4 disparos em direção a zafira durante a perseguição, pois a mesma havia fechado seu veículo na entrada da cidade onde causou estragos no para-choque.

Diante dos fatos Guilherme e Flavio receberam voz de prisão e agora encontram-se a disposição do Delegado Dr. Damião para as devidas providências.


Link
Notícias Relacionadas »