26/05/2017 às 13h25min - Atualizada em 26/05/2017 às 13h25min

Após manter esposa refém em Cambará, homem se entrega após negociação com a equipe do Bope de Curitiba

Anuncifacil

Paulo Henrique, de 21 anos, manteve sua esposa, identificada como Cristina, como refém desde 10h30m de quinta-feira (25), até 30 minutos de sexta-feira (26), dentro da residência do casal na Rua João Batista Sanches, Jardim Paraíso, em Cambará (70 Km de Cornélio Procópio).

Informações diziam que ele estava armado com duas facas.

As duas meninas que moram com o casal ,uma de dez e outra de oito anos, não estavam no imóvel.

O local foi cercado e isolado pelas Polícias Civil e Militar tanto de Cambará quanto de Jacarezinho.

Equipes do Corpo de Bombeiros também estiveram no entorno.

Paulo Henrique já havia sido preso um dia antes pela Lei Maria da Penha (violência doméstica), mas no final do dia seu patrão pagou a fiança e ele retornou à sua casa.

No final da tarde chegou o Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Curitiba a Cambará.

O grupo chegou de avião, que pousou em Ourinhos (SP), de acordo com informações do tenente Wilson Garcia Pereira Júnior, comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar de Jacarezinho.

Segundo o repórter Adenilson Fernandes, o Bope negociou a libertação da refém, mas havia policiais armados prontos para invadir o local.

O rapaz se entregou e ambos foram encaminhados ao pronto-socorro, mas não houve ferimentos.

Paulo Henrique foi indiciado por ameaças, violência e cárcere privado.


Link
Notícias Relacionadas »