17/05/2017 às 08h46min - Atualizada em 17/05/2017 às 08h46min

CASAL ACUSADO DE HOMICIDIO EM 2015 É CONDENADO POR JURI POPULAR EM URAI

Dep. Jornalismo Milenium Fm

No inicio da tarde de segunda feira 15 de maio, aconteceu no salão do A.A.B.B. de Uraí, um local cedido e adaptado para o Tribunal do Juri,  o  julgamento dos réus  Edmar Sembaski  e Yasmin Caroline dos Santos, sendo a ré acusada de homicídio de Roberto Henrique Soares de Souza (17) anos, e Edmar de tentativa de homicídio de Maicon Abrussi, em uma briga na rua Ana Dias de Souza em data de 29/11/2015.

O julgamento que iniciou por volta das 12:30, só foi terminar por volta das 23:00 horas, que durou mais de 10 horas, sendo um dos mais demorado júri dos últimos tempos.

O Promotor  o Dr. José Roberto Manchini, que denunciou os réus pedindo uma pena severa mediante a argumentos e provas apresentados, o JURI POPULAR decidiu por maioria dos votos pela condenação do acusado  e a Juíza da Vara Criminal da comarca de Uraí a a M.M.  Dra. Ana Cristina Cremozi, aplicou pena aos réus de (6) seis anos para acusada Yasmim e de 2 anos e 10 meses para o Edmar,  que deverão cumprir no regime semiaberto.

A defesa dos réus foi patrocinada pelos advogados Dr. Paulo Tagata, para Yasmim. e para Edmar, Dr. Fernando Stein Barbosa, e Dr. Vinicius Feracin Laureano, que, segundo este, apesar da condenação, os longos trabalhos correram bem, e apesar de discordarem, respeitam a decisão do Júri, de modo que garantiram um julgamento justo na forma da lei aos réus. O caso cabe recurso.

 


Link
Notícias Relacionadas »