25/04/2017 às 08h53min - Atualizada em 25/04/2017 às 08h53min

Delegado de Santa Mariana prende suspeito de espancar idosa e defecar em sua cama durante roubo a residência

Anuncifacil

Na última sexta-feira (21), a Polícia Militar de Santa Mariana (12 Km de Cornélio Procópio) divulgou uma ocorrência que teria ocorrido no dia anterior, onde uma senhora, de 87 anos de idade, moradora da Avenida Doutor Antônio Pereira Lima, foi brutalmente espancada por um meliante que assaltava a sua residência.

A PM realizou diligências, mas infelizmente não encontrou o meliante e caso foi repassado para a Polícia Civil, que seguiu em diligências e na manhã de segunda feira (24), o delegado Matheus Prado, insistindo em investigações, acabou chegando a um suspeito, que foi preso.

Segundo o delegado, devido à gravidade desta situação, rara de se ver na cidade em virtude de tamanha violência e atitude doentia do meliante, ele decidiu pessoalmente ir até a casa da vítima acompanhado de um investigador para colher mais informações e no momento que estava revia o depoimento da senhora, compareceu ao local um senhor, que passou a relatar que seu filho poderia ser o autor do roubo, pois havia encontrado objetos em sua posse.

O homem levou os policiais até a sua casa, onde mostrou onde estavam um aparelho de televisão, um receptor de sinal digital e roupas pertencentes à vítima que estavam em uma bolsa.

Na sequência os policiais seguiram até o local de trabalho do suspeito, de nome André (foto), o qual apesar de negar o roubo, afirmando ter comprado os objetos de outra pessoa, recebeu voz de prisão, pois segundo o delegado, como ele estava em posse materiais roubados e foi reconhecido, mesmo o fato ter ocorrido na semana passada, ficou evidenciado o flagrante, sendo o mesmo conduzido à delegacia.

Durante o procedimento policial, o pai do acusado ficou bastante apreensivo, pois seus outros filhos ficaram contrariados por ele ter delatado o irmão deles, recriminando o seu caráter e passaram a ameaça-lo, obrigando ele a representar contra eles, informou o delegado.

O delegado Matheus Prado aproveitou para mandar um recado aos marginais, afirmando que este tipo de conduta não será tolerado em Santa Mariana e com apoio da Polícia Militar, Ministério Público, Poder Judiciário e a população que sempre ajuda através de denúncias, todo e qualquer crime será duramente reprimido, recebendo os criminosos uma punição exemplar.

Ainda na delegacia, a vítima, de nome Maria, relatou que passou por duas horas de desespero na mão do acusado, que a agrediu com chutes, murros e puxões de cabelo, causando ferimentos que ainda doem.

A Dona Maria disse que ele entrou por uma janela que ele arrombou por volta das 4h da madrugada e a surpreendeu usando uma faca para ameaça-la e depois, a pegando pelo pescoço, a arrastou até o quarto, onde a amarrou e passou a espanca-la, exigindo dinheiro.

O meliante ainda se alimentou na casa, bebeu uma garrafa de vinho e depois defecou em sua cama, disse a vítima, que afirmou que pensou que iria morrer.

Antes de ir embora, o meliante cortou a sua mão, para deixar a sua marca. Ele prometeu voltar e quando isso acontecesse, ela devia estar esperando com o dinheiro, relatou a Dona Maria, que chegou a desmaiar antes do meliante deixar a sua casa.

A população de Santa Mariana agradeceu o empenho do delegado Matheus Prado, que não mediu esforços para deter o suspeito e usou o seu conhecimento em relação à lei para mantê-lo preso, enaltecendo o trabalho da Polícia Civil, que junto a Polícia Militar, vem fazendo um excelente trabalho na cidade.


Link
Notícias Relacionadas »