01/11/2016 às 08h36min - Atualizada em 01/11/2016 às 08h36min

Pecuarista oferece R$ 5 mil por informações sobre ladrão de gado

fonte: revelia.com

O pecuarista Francisco Tadeu Marques e vizinhos de propriedade, oferecem recompensa de R$ 5 mil a quem repassar informações que possam levar a polícia ao(s) autor (es) de abates e furtos de gado na zona rural de Santo Antônio da Platina. Na madrugada desta quarta-feira, 26, o fazendeiro foi vítima do(s) criminoso(s), que abateu um touro charolês puro de origem (PO) dentro da sua fazenda.

Chiquito Marques, como é popularmente conhecido na cidade, conta que deixou a Fazenda São Diogo, no bairro Paudalho, ao anoitecer, e que viu o touro no pasto. Porém, quando retornou à propriedade pela manhã encontrou apenas a carcaça do animal próximo a uma cerca à margem da PR-439. “Creio que o ladrão abateu o animal com um tiro, pois havia vestígios no local. Depois ele cortou as patas com um serrote para facilitar o transporte, e usou uma faca para separar as paletas e pernis. No entanto, deixou para trás uma das peças junto à carcaça. Acredito que alguém o alertou e ele fugiu com o que foi possível carregar”, avalia o pecuarista.

Marques lembra que há 10 dias outro pecuarista também foi vítima dos criminosos no bairro Paudalho. “O modo de agir foi praticamente o mesmo. O garrote foi abatido com um tiro na cabeça e depois esquartejado. O ladrão também deixou o carro próximo à rodovia, e agiu durante a madrugada. Essa pessoa precisa ser identificada e presa, por isso ofereço a recompensa em dinheiro no valor de R$ 5 mil, que corresponde à metade do valor do touro abatido”, explica.

De acordo com a Polícia Civil, nos últimos 30 dias três animais foram abatidos por criminosos em propriedades rurais da cidade. Dois em fazendas no bairro Paudalho e um na Fazenda Nova Flórida, próximo ao povoado da Platina. Além dos abates, sete cabeças de gado foram furtadas de uma propriedade rural no distrito do Monte Real. Todos os casos estão sendo investigados.


Link
Notícias Relacionadas »