01/09/2016 às 11h24min - Atualizada em 01/09/2016 às 11h24min

Cobra verde é encontrada no centro de Cornélio Procópio

http://odairmatias.com.br

Na tarde desta quarta feira,31,  homens do Corpo de Bombeiros foram chamados para fazer o resgate de uma serpente conhecida como "cobra verde",  no centro de Cornélio Procópio.

O bicho estava na sarjeta da rua dos Bandeirantes nas proximidades da Unimed, quase esquina com a rua Paraíba.

O resgate foi bem sucedido e não houve registro de acidentes com a cobra.

A cobra-verde pertence a casse Reptilia, da família Colubridae gênero, Philodryas. A serpente é da espécie;  Philodryas olfersii e apesar da bela aparência é venenosa.  

Muitas pessoas acham que a cobra-verde não é uma serpente peçonhenta, mas é sim. Porém ela tem dificuldade de injetar grandes quantidades de veneno, pois possui dentição opistóglifa.  Nas serpentes com esse tipo de dentição os dentes inoculadores de veneno estão situados no fundo da boca, dificultando a inoculação de porções grandes de veneno.

Geralmente, sua picada provoca apenas inchaço no local, mas isso varia de pessoa para pessoa, podendo desencadear problemas mais sérios.

Atinge até 1 metro de comprimento, pesa de 100 a 250 gramas e tem corpo relativamente fino. É uma serpente nativa da América do Sul, no Brasil é encontrada em boa parte do país. Habita áreas de florestas e cerrados. Apresenta hábitos diurnos, arborícolas e terrestres. Alimenta-se de aves, lagartos de pequeno porte e anfíbios pequenos.

É uma espécie ovípara, ou seja, os ovos se desenvolvem e eclodem fora do organismo materno, a fêmea põe até 18 ovos.

Não é um animal agressivo, normalmente foge ao se sentir ameaçada e só em último caso dá o bote(ataque).

(Fotos e Informações do repórter Luis Lukas/Informações técnicas "Cassilândia Notícias)


Link
Notícias Relacionadas »