17/02/2016 às 00h00min - Atualizada em 17/02/2016 às 00h00min

Médico é preso em Santa Catarina suspeito de abusar de 14 pacientes

http://www.osul.com.br

A Polícia Civil de Florianópolis, em Santa Catarina, prendeu na manhã dessa terça-feira o médico Omar César Ferreira de Castro, 66 anos, suspeito de violência sexual contra 14 pacientes.

Castro chegou à 6 Delegacia de Polícia em uma viatura, acompanhado de seu advogado para interrogatório. A prisão tem caráter temporário. O caso está em segredo de Justiça. Castro disse ser anestesiologista, endocrinologista e nutrólogo.

A coordenadora das Delegacias de Proteção à Mulher de Santa Catarina, Patrícia Zimmermann, disse acreditar que o número de vítimas irá aumentar depois da prisão. De acordo com os depoimentos anexados no inquérito policial, Castro tocava as costas e os seios das pacientes com argumento de examiná-las, mas, em seguida, forçava beijos e carícias. Algumas mulheres conseguiram escapar, outras foram dopadas e estupradas no consultório, segundo as informações da polícia.

Castro será transferido para a Central de Triagem. Responderá por estupro, considerado crime hediondo. A pena varia de seis a dez anos de prisão.

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Santa Catarina abriu uma sindicância para apurar a conduta do médico e informou que, se as denúncias forem comprovadas, o profissional terá sua licença cassada.


Link
Notícias Relacionadas »