20/12/2015 às 21h15min - Atualizada em 20/12/2015 às 21h15min

Em Uraí, após desentendimento familiar, casal abandona duas crianças

Dpto Jornalístico Milenium FM

Na madrugada de sábado (19) de dezembro por volta das 02:15 horas, a equipe de serviço do 3º Pelotão da Policia Militar de Uraí, formada pelo SD. Volpi e SD. Diego,  foi solicitada por uma Senhora moradora na rua Dinamarca,  informando que havia ocorrido um desentendimento com o seu marido,  chegando a vias de fato.

Com esta solicitação a equipe deslocou até o endereço informado, e no local em contato com a mulher esta queria que o seu marido saísse da residência, em contato com o marido este informou que a sua esposa chegou em casa conduzindo um veiculo FIAT/Strada, e veio a colidir contra o portão, causando danos materiais e que a sua esposa não possui habilitação.

 O marido relatou ainda que  após a  colisão foi que gerou o desentendimento entre ambos, e que a esposa quebrou a mesa de centro da sala. Em seguida ambos foram orientados pelo policiais quanto aos procedimentos cabíveis para esta situação, mas  não  se manifestaram em representar.

 Na seqüência a equipe em patrulhamento pela cidade, receberam uma ligação anônima informando, que o referido casal havia saída da residência e deixado duas crianças sozinhas abandonadas.

Com a informação a equipe retornou a residência onde encontraram o portão aberto e no interior da residência estava  uma criança de seis anos na janela da sala,  chorando com o pé cortado por um pedaço de vidro que estava espalhado pelo chão,  e uma outra de dois anos  dormindo. Diante dos fatos foi acionado o Conselho Tutelar, que presenciou o abandono das crianças,  em seguida chegou o pai conduzindo uma moto, e a mãe conduzindo o FIAT/Strada, e por não possuir a CNH, foi lavrado as notificações pertinentes, em seguida a mulher se revoltou,  jogou o celular no chão e deu um soco na barriga da filha de seis anos.

Com a atitude agressiva da mãe a conselheira Valeria, retirou a criança dos pais, momento em que  a mulher  começou ameaçar e a usar de palavras de baixo calão ofendendo a equipe policial.

Diante dos fatos a mulher foi conduzida para o 3º Pelotão para a lavratura do termo circunstanciado  por desacato e ameaças.


Link
Notícias Relacionadas »