17/11/2015 às 13h05min - Atualizada em 17/11/2015 às 13h05min

Baixa autoestima pode interferir na produtividade do trabalho

Bonde

O dia a dia no trabalho exige energia emocional, física e mental. No entanto, equilibrar tudo isso não é fácil. São muitas as situações que desgastam o corpo e a mente durante o expediente. Por isso, você deve ficar atento à falta de ânimo, já que a autoestima pode ser abalada e interferir na produtividade. As informações são do 'Minha Vida'.

Em entrevista ao site, o psicólogo e consultor de recursos humanos Marco Ornelas afirma que a autoestima tem influência em tudo que fazemos. "A autoestima reflete o que acreditamos ser. Por isso, o autoconhecimento é de fundamental", diz o profissional.

Não detone a produtividade
A autoestima está diretamente ligada a produtividade em um ambiente de trabalho. Segundo Marco Ornelas, se ela estiver baixa (ou praticamente nula) você pode prejudicar a sua carreira. "O primeiro sintoma para perceber se a autoestima de um funcionário está abalada é prestar atenção na maneira como ele se comporta diante das tarefas a serem feitas e também na sua relação com os colegas", explica.

A baixa autoestima no trabalho é sinalizada pela tendência da pessoa a achar que não consegue dar conta das tarefas, pelo modo como ela tende a se anular e esconder e também pela constante insatisfação com resultados das atividades que faz. "Se somar estes sintomas à tristeza que eles provocam, naturalmente o funcionário se sentirá pressionado e ficará descontente. É uma bola de neve que culmina em uma produtividade abaixo da esperada por gestores", explica Ornelas.
(com informações do site Catraca Livre)


Link
Notícias Relacionadas »