17/11/2015 às 13h01min - Atualizada em 17/11/2015 às 13h01min

Repórter do Cidade Alerta sofre AVC durante gravações do programa

Bonde

A jornalista Leniza Krauss, uma das repórteres do telejornal policial "Cidade Alerta" da Rede Record, em São Paulo, teve um AVC (acidente vascular cerebral) durante as gravações do programa, na última quarta-feira (11).

Leniza, 37 anos, foi levada imediatamente para o hospital mais próximo pelo cinegrafista que a acompanhava, conhecido como Gringo. Segundo informações do site Notícias da TV, o cinegrafista foi considerado pelos médicos como o principal responsável por salvar a vida da repórter.

Ela ficou dois dias internada na UTI do Hospital São Camilo do Ipiranga, na zona sul da capital paulista. E, apesar de estar bem, ainda não há previsão para que volte a rotina.

Popular pelo trabalho, Leniza já cobriu casos famosos como o do estudante Gil Rugai, acusado de matar o pai e a madrastra em 2013, e o da Geralda Guabinara, mulher encontrada morta e com o rosto desfigurado na "Pedra da Macumba", em 2012.

Segundo o site, Leniza já sofreu ameaças por investigações do trabalho, teve que ficar 40 dias fora do estado e já teve até a casa invadida. A agenda da jornalista sido estressante.

Em dois meses esse foi o segundo caso de emergência médica do Cidade Alerta. Em outubro, a repórter Lilliany Nascimento, conhecida como Capitão Nascimento, ficou uma semana internada após ter uma reação alérgica a um medicamento.


Link
Notícias Relacionadas »