04/09/2015 às 18h17min - Atualizada em 04/09/2015 às 18h17min

POLICIA MILITAR DE URAÍ É CONTEMPLADA COM UM BAFÔMETRO

DP de Jornalismo Milenium FM

O Terceiro Pelotão da Policia Militar de Uraí, é contemplado com um equipamento complementar de extrema necessidade na área de segurança,  o Bafômetro, que  foi enviado nesta quinta feira (03/09) pelo 2º CRMP - 18º Batalhão de Policia Militar da 1ª Cia., de Cornélio Procópio, e visa adicionar aos equipamentos essenciais de trabalho para a policia militar de Uraí.

Segundo o comandante do 3º Pelotão Sargento Consulin Ribeiro da Silva, esse equipamento visa dar melhores condições de trabalho ao policiamento de nosso município, pois quando era necessário o uso de um bafômetro, tinha  que deslocarmos  até o município de Cornélio Procópio, para conseguir um equipamento e utilizar nos motoristas infratores, com certeza agora as coisas mudam  e ficará mais fácil provar a dosagem alcoólica do motorista.  

 Na realidade a intenção da PM não é sair pelas ruas aplicando multas, mas sim prevenir os acidentes que possam ser provocados por condutores desatentos que estejam com a dosagem alcoólica fora da normalidade e que na realidade  os deixam sem as condições mínimas de dirigir um veículo.   

Nos termos do art. 277, caput, do Código de Trânsito Brasileiro, todo condutor de veículo automotor, envolvido em acidente de trânsito ou que for alvo de fiscalização de trânsito, sob suspeita de dirigir sob a influência de álcool será submetido a testes de alcoolemia, exames clínicos, perícia ou outro exame que, por meios técnicos ou científicos, em aparelhos homologados pelo CONTRAN, permitam certificar seu estado, aplicando-se tais medidas também no caso de suspeita de uso de substância entorpecente, tóxica ou de efeitos análogos, conforme seu § 1º.

Para a caracterização da infração administrativa prevista no art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro, basta, entretanto, a obtenção de qualquer prova em direito admitida, acerca dos notórios sinais de embriaguez, excitação ou torpor apresentados pelo condutor, conforme dispõe o § 2º do art. 277 do mesmo Codex, que arremata em seu § 3º: “Serão aplicadas as penalidades e medidas administrativas estabelecidas no art. 165 deste Código ao condutor que se recusar a se submeter a qualquer dos procedimentos previstos no caput deste artigo”.


Link
Notícias Relacionadas »