04/09/2015 às 07h45min - Atualizada em 04/09/2015 às 07h45min

EM URAÍ MULHER É PRESA AO TENTAR VISITAR DETENTO COM DOCUMENTOS FALSO

dep jornalismo milenium fm

 

Uma mulher compareceu  na Delegacia de Policia Civil   de Uraí nesta quinta feira (03/09) por vota das 11:00 hrs., e se apresentou como amasia de um dos detentos,  e inclusive apresentou  uma declaração com firma reconhecida em cartório, constando que estaria em união estável com um detento que é oriundo do estado de São Paulo, e queria visitá-lo,   a atitude da mulher  chamou a atenção dos policiais.

Segundo o delegado Damião Benassi Junior, este  seria um requisito básico para ser admitido as visitas no setor de carceragem da DP., porém quando foi realizado a prisão deste detento os policiais já sabiam que ele era casado e que tinha  filho e a esposa dele era uma outra pessoa, totalmente diferente dessa que se apresentou e sabiam também que ele não tinha nenhum relacionamento anterior fora do casamento.

Pois  ao fazer  contato com a mulher e  explicar toda a situação, ela admitiu que não tinha contato com o preso  e  que a visita foi arranjada por um familiar de um outro detento, com a finalidade de arrumar uma companheira para ele.

O delegado informou que essa conduta,  tinha um propósito,   fazer o transporte de drogas, celulares e outros produtos ilícitos  para dentro da cadeia, são atos que acontecem diariamente nos complexos prisionais.

Damião ainda informou que essa mulher reside no município de Assai e que já tem passagens pela policia  de abandono de incapaz, ameaças e suspeitas de tráfico   de drogas e que é a segunda vez que  tenta entrar na cadeia, pois no mês de setembro ela compareceu na delegacia com o argumento que era tia do mesmo detento, e como foi confirmado a mentira  os investigadores explicaram das penalidades que ela estaria sujeita caso continuasse com este tipo de conversa, e em seguida ela foi dispensada.   

E como ela retornou nesta quinta feira e apresentou os documentos com conteúdo  ideologicamente  falsos, ela foi  autuada em flagrante  delito e recolhida ao setor de carceragem onde ficará a disposição da justiça .  

 


Link
Notícias Relacionadas »