03/09/2015 às 15h32min - Atualizada em 03/09/2015 às 15h32min

Criança é encontrada morta em praia turca e foto gera comoção

Registro torna-se símbolo da crise migratória

O POPULAR

A foto polêmica de uma criança encontrada morta em uma praia na costa de Bodrum, Turquia, tornou-se símbolo da crise migratória na Europa nesta quarta-feira (2). O menino Aylan Kurdi, de 3 anos, e o irmão Galip, de 5, estavam em um dos dois barcos com cerca de 15 refugiados que naufragou quando tentava chegar na ilha de Kos, na Grécia.

Ao menos cinco crianças e uma mulher morreram. Sete foram resgatados e dois estão desaparecidos. Autoridades acreditam que eles sejam sírios e tentavam fugir da guerra civil que já deixou mais de 200 mil pessoas mortas.

Na rede social, o registro está sendo compartilhado mostrando como pode ser o fim dos imigrantes que se arriscam em travessias duvidosas para a Europa. A hashtag #KiyiyaVuranInsanlik (humanidadelevadapelaságuas), ficou no topo dos trending topics no Twitter.

Apesar da rota por mar Bodrum-Kos ser curta, ela é perigosa. Agências humanitárias acreditam que pelo menos duas mil pessoas tentaram cruzar Turquia e Grécia por essa rota apenas no mês passado.


Link
Notícias Relacionadas »