31/08/2015 às 15h43min - Atualizada em 31/08/2015 às 15h43min

Soldado suspeito de matar cabo da PM afirma ter tido surto psicótico

Ele teria atirado na cabeça do Cabo Adriano Batista após uma discussão sobre cotas raciais

TV JORNAL

O soldado Flávio Oliveira, do 11º Batalhão da Polícia Militar, suspeito de matar um colega de farda dentro de uma viatura, na manhã deste domingo (30), afirma ter tido um surto psicótico no momento do crime. De acordo com ele, uma discussão sobre cotas raciais com o Cabo Adriano Batista teria motivado a ação. No Instituto de Criminalística (IC), onde foi levado para fazer exames, no período da noite, o suspeito conversou com a imprensa.

"Não lembro como isso aconteceu, foi um surto. Depois que atirei, fiquei parado, na minha, e desci da viatura. A colega que estava no banco da frente perguntou o que eu tinha feito e eu não lembrava", afirmou o SD Flávio Oliveira.

Ainda de acordo com o suspeito, o Cabo Adriano deveria ter entrado rua da casa do ex-governador Eduardo Campos, mas seguiu em direção ao batalhão. Houve mais uma discussão e, após levar alguns gritos, ele teria sacado a arma e atirado. "Eu me arrependo com certeza. Ele deixou um filho e eu também. Mas agora não tem o que fazer", finalizou o suspeito.

O crime aconteceu na Rua Coronel João Batista do Rego Barros, em Apipucos, Zona Norte do Recife. Segundo a polícia, o carro estava em movimento quando o soldado Flávio Oliveira da Silva atirou na cabeça do Cabo Adriano Batista. Bastante ferida, a vítima perdeu o controle do veículo e colidiu em outros dois automóveis. A viatura chegou a subir uma calçada, mas foi parada pela soldado Thaena de Lima Lemos Santos, que estava no banco do passageiro.

O cabo Adriano foi socorrido para o Hospital da Restauração (HR), mas não resistiu. O soldado Flávio Oliveira foi detido no local e levado para a sede do 11º BPM. Uma perícia foi realizada na cena do crime e uma pistola 380 foi encontrada dentro da mochila do PM suspeito de efetuar o disparo. Um projétil de pistola ponto 40, provavelmente a arma usada no crime, foi recolhido no local.

VEJA O VIDEO:


Link
Notícias Relacionadas »