17/08/2015 às 10h47min - Atualizada em 17/08/2015 às 10h47min

Protesto contra governo Dilma reúne cerca de 20 mil em Londrina

BONDE

O protesto contra a presidente Dilma Rousseff (PT) teve início em Londrina por volta das 15h deste domingo (16) com a concentração dos manifestantes no cruzamento das avenidas JK e Higienópolis com passeata programada nas ruas do centro da cidade. 

A Polícia Militar e os agentes de trânsito da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) acompanharam a manifestação com bloqueio das vias. Após discursos contra o governo petista na concentração em frente do Colégio Estadual Vicente Rijo, os manifestante seguiram pela Higienópolis até o Calçadão e encerraram o protesto com ato público na Praça da Bandeira

Segundo a PM, cerca de 20 mil pessoas participaram do protesto, número que ficou abaixo do último ato público realizado no dia 15 de março, quando mais de 40 mil londrinenses foram às ruas. A concentração permaneceu por mais 30 minutos na rotária na tentativa de aumentar a adesão ao movimento antes da passeata até a Praça da Bandeira. A manifestação em nível nacional que pede o impeachment da presidente Dilma também está sendo realizada hoje em capitais como São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

O protesto também foi marcado pela agressão sofrida por um casal de estudantes da Universidade Estadual de Londrina (UEL), que exibia uma faixa de apoio ao governo Dilma. A equipe de reportagem da FOLHA também foi ameaça enquanto registra as imagens da confusão na avenida Higienópolis. 

 


Link
Notícias Relacionadas »