10/08/2015 às 09h21min - Atualizada em 10/08/2015 às 09h21min

Soldado da PM é morto em confronto; 2 bandidos morrem, 3 fogem e um é preso

BONDE

O soldado da Polícia Militar Abrão Kanclarovicz, de 37 anos, morreu após ser baleado em uma troca de tiros com bandidos fortemente armados na tarde do último sábado (8). Ele e um colega de serviço prestavam apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF) em um acidente na BR-153, na região de Mallet (44 km ao norte de União da Vitória), quando deram ordem de parada a uma caminhonete Toyota Hilux e a um Honda Civic. Os condutores não obedeceram e fugiram. 

Durante a perseguição, os suspeitos tomaram o rumo de uma estrada rural, mas a caminhonete acabou invadindo uma plantação. Os ocupantes desceram do veículo e passaram a atirar contra a viatura. Os policiais reagiram e balearam dois homens, de 35 e 43 anos, que morreram no local. 

Os outros dois suspeitos que estavam na caminhonete fugiram a pé por um matagal. Os dois ocupantes do Honda Civic também escaparam. 

Mesmo ferido em uma das pernas, o parceiro de Kanclarovicz conseguiu socorrê-lo e o levou até o hospital da cidade de Rio Azul. Pouco depois, ambos foram transferidos para a Santa Casa de Irati, onde Kanclarovicz morreu. O outro soldado foi medicado e liberado. 

Informadas, outras equipes foram ao local do tiroteio e encontraram, dentro da caminhonete, uma metralhadora e duas pistolas. 

O subcomandante-geral da PM, cornoel Bührer, ordenou buscas por toda a região para tentar localizar os fugitivos. Além dos efetivos dos municípios de Mallet, Rebouças e Irati, entre outras cidades, também foi acionado um helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). 

Um dos foragidos, de 31 anos, foi localizado portando uma pistola calibre 380. Ele foi detido e encaminhado à Delegacia de Rebouças. Os demais membros da quadrilha não haviam sido encontrados até as 10h deste domingo (9). 

Luto 

Em nota, a Polícia Militar decretou luto oficial de três dias em todas as unidades do estado. "Um final de semana muito triste para a corporação, perdemos um bravo policial que não hesitou em confrontar com bandidos fortemente armados na tentativa de proteger os cidadãos de bem. Quando entramos na Corporação juramos defender a sociedade, nem que isso nos custe a própria vida, e hoje o juramento foi cumprido, ou seja, justamente na véspera do Dias dos Pais, o soldado Abrão entregou sua vida, o seu bem maior e o de sua família", disse o Comandante-Geral da PM, Coronel Mauricio Tortato. 

O soldado Abrão Kanclarovicz ingressou na Polícia Militar do Paraná em 07 de agosto de 1997, nesta sexta-feira (09/08/15) completou 18 anos de corporação, e atualmente estava na 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (2ªCIPM). Ele era casado e deixa esposa e filhos. No mês passado ele foi homenageado como policial destaque regional, por projetos sociais.


Link
Notícias Relacionadas »