05/08/2015 às 10h17min - Atualizada em 05/08/2015 às 10h17min

Cadeia de Ibiporã fica impedida de receber presos

A Justiça determinou a interdição do prédio, por conta da superlotação

http://www.tudoibipora.com.br/

A Cadeia Pública de Ibiporã está impedida de receber novos presos. A Justiça da comarca determinou a interdição do prédio, por conta da superlotação. Projetada para abrigar no máximo 36 presos, a Cadeia hoje tem 150 entre homens e mulheres.

Para voltar a receber novos detentos, o Estado deve fazer a transferência de pelo menos 60 presos, em no máximo 30 dias. Em Ibiporã há 130 presos homens e 20 mulheres.

Os homens dividem seis celas, que têm capacidade para quatro pessoas cada uma. Uma parte ocupa os corredores da Cadeia. A principal preocupação é quanto às fugas.

Pelo menos três revistas são feitas semanalmente no prédio, que também apresenta defeitos na rede elétrica. Os presos encontram condições insalubres e convivem com o perigo de doenças como tuberculose.

O Corpo de Bombeiros e a Vigilância Sanitária entregaram laudos ao Ministério Público com dados negativos. Outro problema é a falta de pessoal para cuidar de todos os detentos.

Ibiporã é a única cidade da região em que não houve fuga nos últimos tempos, o que significa que a administração da Cadeia tem se empenhado para evitar esse tipo de situação.


Link
Notícias Relacionadas »