02/07/2015 às 22h18min - Atualizada em 02/07/2015 às 22h18min

Ladrões tentam assalto a sítio em Maringá com arma falsa, mas vítima reage com tiros de verdade

ANUNCIFÁCIL

Ladrões que invadiram um sítio em Maringá, no norte do Paraná, com uma arma de brinquedo foram recebidos com tiros de espingarda pelo dono da propriedade, de 52 anos. Os três envolvidos foram presos e apresentados na terça-feira (30) pela Polícia Civil.

Os criminosos entraram pelos fundos do terreno, por volta das 13h, no dia 18 de junho. Quando chegam perto da casa, o dono surgiu com a espingarda, atirando contra os invasores, que correm e conseguem fugir de carro.

"Jamais pensei em atirar em alguém. Tanto que, estava aqui, na minha área. Eles não estavam a sete metros de mim. Em momento algum passou pela minha cabeça matar. Só falei: 'Eu só vou fazer isso se ele tentar entrar pra dentro (sic)'", relata a vítima, que não quis se identificar.

O agricultor percebeu a ação dos criminosos por meio do sistema de segurança que mantém, com mais de 20 câmeras espalhadas pelo sítio e vários monitores. De acordo com a polícia, ele tem porte e registro da arma de fogo.

O homem garante que não vai sair do sítio em que mora por causa da violência. "A gente está atento. Demos uma reforçada na propriedade, colocamos câmeras a mais em pontos estratégicos e estamos vivendo. Vamos continuar aqui, não vamos sair não", reforça.

O delegado de Maringá, Osmir Ferreira Neves, alerta para que as vítimas, mesmo armadas, não reajam em hipótese alguma a assaltos.

"Nós desaconselhamos esse tipo de ação em situações de assalto. Neste episódio, especificamente, os criminosos estavam com um simulacro de arma de fogo. Mas, numa situação em que eles estivessem portando realmente uma arma de fogo, possivelmente haveria um confronto", aconselha o delegado. (Redação G1 / Foto: Reprodução RPC)


Link
Notícias Relacionadas »