26/05/2015 às 09h52min - Atualizada em 26/05/2015 às 09h52min

Auditor e fotógrafo revelam novos nomes durante acareação em Londrina

www.bonde.com.br
BONDE


Dois dos acusados de integrar o mega esquema de exploração sexual de adolescentes em Londrina foram ouvidos, ao mesmo tempo, pelo delegado Alan Flore, do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), durante a manhã desta segunda-feira (25). Passaram pela acareação o auditor da Receita Estadual Luiz Antônio de Souza e o fotógrafo e ex-assessor do Governo do Estado, Marcelo Caramori. O procedimento foi confirmado ao Bonde pelo advogado de Souza, Eduardo Duarte Ferreira, que adiantou que o cliente dele estaria prestando um novo depoimento ao Gaeco na tarde desta segunda.

A acareação teria sido solicitada pela promotora da 6.ª Vara Criminal de Londrina, Suzana de Lacerda. Durante o depoimento conjunto, que durou cerca de duas horas, os acusados citaram nomes de outros envolvidos no esquema de exploração sexual. O MP vai avaliar a possibilidade de apresentar novas denúncias contra os citados. 

Histórico 

O esquema de exploração sexual de adolescentes veio à tona em Londrina no dia 13 de janeiro, quando Luiz Antônio de Souza foi preso em um conhecido motel da cidade na companhia de uma adolescente de 15 anos. Caramori foi detido dias após a prisão do auditor. 

De lá para cá, o MP descobriu a participação de diversas outras pessoas na rede, entre elas empresários, políticos, agentes públicos, jovens suspeitas de aliciamento das menores e outros auditores da Receita Estadual. 

Conforme as investigações, mais de 50 adolescentes teriam sido vítimas do esquema no decorrer dos últimos doze anos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »