08/05/2015 às 08h32min - Atualizada em 08/05/2015 às 08h32min

Férias de julho são canceladas para compensar greve na rede estadual

Fonte: Bonde

Para contornar os dias de aula perdidos com a paralisação dos professores da rede estadual de ensino, a nova secretária estadual de Educação, Ana Seres Cormim, decidiu nesta quinta-feira (9) cancelar o recesso de julho. Os professores estão parados desde o dia 27 de abril em protesto contra a lei que alterou a ParanaPrevidência e por melhores salários - em fevereiro, a categoria já havia parado por 29 dias. 

Com a aplicação da medida, o governo pretende terminar o ano letivo no dia 23 de dezembro, sem qualquer período de recesso no meio do ano. Por lei, o estado é obrigado a cumprir 200 dias letivos. 

A secretaria ainda estuda a possibilidade de usar alguns sábados para ajudar a compensar as greves. Antes da nova paralisação, o recesso já havia sido reduzido para apenas uma semana. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »