28/04/2015 às 08h20min - Atualizada em 28/04/2015 às 08h20min

Empresários querem instalar Centro de Tratamento de Câncer em Londrina

Fonte: FolhadeLondrina

O prefeito de Londrina, Alexandre Lopes Kireeff (PSD), recebeu na tarde desta segunda-feira (27), em seu gabinete, empresários americanos, ingleses e brasileiros que apresentaram o projeto do Centro de Tratamento de Câncer que deverá ser instalado na região sul de Londrina, em frente ao Centro de Eventos. Às 17h desta terça-feira (28), o grupo apresentará o projeto na Câmara Municipal de Londrina. 

O Centro de Tratamento de Câncer deverá estar em funcionamento em 36 meses. De acordo com Ricardo Brito, da Próton Brasil, a previsão é que 150 especialistas, incluindo físicos e médicos, venham a integrar a equipe do centro. 

A previsão é que sejam investidos R$350 milhões, provenientes de um fundo de pensão americano, numa área de 10 mil metros quadrados de construção. O centro terá infraestrutura de próton terapia, radioterapia, quimioterapia e diagnóstico; montagem eletromecânica e equipamentos. Ao todo, 6.600 pacientes deverão ser tratados por ano, com mais de 15 mil procedimentos. 

De acordo com o CEO da Próton Brasil, Pedro da Silva Brito Junior, entre os motivos que fizeram Londrina ser escolhida está o fato de a cidade ter quase 40 mil estudantes universitários, mais de 500 mil habitantes, não ter indústrias poluentes, um aeroporto 24 horas e ser de fácil acesso. 

Tecnologia 

O Centro de Tratamento de Câncer vai utilizar a próton terapia. Trata-se de um tratamento não invasivo para câncer localizado. Entre os benefícios apresentados pela empresa Próton Brasil, está o fato que é possível fazer uma "varredura"em 3D; não queima os tecidos saudáveis; chega onde o cirurgião não consegue chegar; redução de efeitos colaterais; melhoria da qualidade de vida do paciente; aumento da possibilidade significativa para um número considerável de pacientes e diminuição na morbidez nos tratamentos. Brito Junior explicou que as doses de radiação atingem o tumor, enquanto protegem as áreas de tecido ao redor.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »