09/02/2015 às 16h49min - Atualizada em 09/02/2015 às 16h49min

PRF usa câmeras de concessionárias para multar motoristas no pedágio

revelia.com.br

Motoristas que passam por praças de pedágio sem o devido pagamento já são alcançados pela intensificação de fiscalização realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Paraná. A iniciativa pretende também comportamento de risco nas estradas, como ultrapassagem perigosa, manobras em locais inapropriados e pela contramão.

O reforço na fiscalização se dá principalmente a partir de imagens de câmeras de segurança colocadas pelas concessionárias ao longo de mais de 700 quilômetros de estradas paranaenses.

O projeto piloto de integração entre as câmeras das concessionários e a fiscalização da PRF começou em janeiro de 2015. Atualmente o centro de controle conta com câmeras analógicas, que serão substituídas por digitais em 60 dias.

Segundo o chefe de Comunicação da PRF, Wilson Martinez, em um mês houve o registro de 1501 autuações de motoristas por diversas irregularidades. O volume de notificações equivale ao trabalho de 50 policiais atuando diretamente nas estradas no período de um mês.

Multas

Vários motoristas de Assaí têm recebido em casa correspondência indicando a necessidade de pagamento de multa no valor de R$ 127,00 por ter deixado de pagar o pedágio na BR-369, em Jataizinho, operado pela concessionária Ecnorte. Inclusive tem motorista que levou 5 a 6 multas.

A partir do centro de controle - operado a partir de câmeras das concessionárias -, a PRF tem acompanhado de perto motoristas que, para não efetuarem o pagamento de pedágio, seguem logo atrás de outro veículo. Há ainda os que passam direto pela cancela, ou mesmo saem de seus automóveis para liberar a passagem até para outros condutores.

Tal prática está com os dias contados, principalmente quando se começa a "doer" forte no bolso.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »