26/01/2015 às 13h15min - Atualizada em 26/01/2015 às 13h15min

Grave acidente entre ônibus e caminhão no perímetro urbano da BR 369, em C. Procópio, deixa várias pessoas feridas

Anuncifacil

Um grave acidente foi registrado por volta das 4h30 da manhã de segunda feira (26), na BR 369, próximo ao trevo do Jardim Panorama, saída para Santa Mariana, no início do trecho urbano da rodovia federal que corta a cidade de Cornélio Procópio, aonde um ônibus de passageiros da empresa Pluna Internacional, vindo do interior do Rio de Janeiro com destino a Curitiba e Cascavel colidiu violentamente na traseira de um caminhão.

Socorristas do SIATE e SAMU de Cornélio Procópio, agentes da Econorte e policias rodoviários federais foram acionados, enviando para o local todas as suas equipes disponíveis, mas a demanda de feridos era alta. Socorristas e policiais encontraram certa dificuldade para atender a todos os feridos e encaminha-los aos hospitais locais (Santa Casa/Posto de Saúde Central).

De acordo com SD Marcos Mendes do SIATE, na chegada das equipes de socorros, os procedimentos de desencarceramentos foram iniciados, a princípio do motorista que já recebia a atenção do pessoal da Econorte.

Assim que conseguiram retirar as ferragens da parte frontal do veículo e o motorista, os socorristas puderam acessar o interior do ônibus, onde fizeram a triagem dos passageiros feridos, inclusive crianças, que estavam muito assustados.

Segundo Marcos Mendes, as vítimas que não sofreram maiores ferimentos puderam sair pela parte dianteira do coletivo. Alguns precisaram a ajuda dos socorristas.

Com este procedimento, as equipes de socorro puderam avaliar melhor a situação e iniciaram o atendimento.

Duas pessoas precisaram ser retiradas pela saída de emergência lateral do ônibus com a ajuda dos socorristas, que usaram o protocolo de imobilização e maca, sendo estes encaminhados com urgência para a Santa Casa.

Pelo menos mais de 15 pessoas, entre elas crianças, sofreram cortes, escoriações e contusões, sendo todos atendidos pelos socorristas e médicos da ECONORTE, como também a equipe de socorro do SAMU e o pessoal do SIATE, conforme a gravidade, relatou Marcos Mendes.

Três ambulâncias seguiam em viagens de ida e volta do local do acidente levando os feridos até Santa Casa e o Posto de Saúde Central e apesar do empenho heroico dos socorristas, a necessidade de mais veículos e socorristas era evidente.

Não se tem informações de como teria ocorrido o acidente, mas a fina chuva que caia no momento pode ter influenciado no choque entre os veículos, mas a PRF não descarta outras possibilidades, como sonolência do motorista ou problemas mecânicos, contudo, nada pode ser afirmado sem antes todos os fatos serem apurados.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »