20/01/2015 às 08h58min - Atualizada em 20/01/2015 às 08h58min

Tremor de terra e clarão próximo a Uraí e Sertaneja

http://marciapanfieti.com/?p=918

Pessoal  não sei se é brincadeira mas tem mt gente ligando sobre um estrondo fortíssimo ouvido hj de manhã, aqui na região de Uraí, consequência de um asteroide que havia caído próximo a região de Sertaneja.

Fiz uma pq busca e a notícia mais recente sobre asteroides no Brasil é essa. Qqr coisa peço que entrem em contado!
NASA anuncia: 70 Asteroides passarão perto da Terra até o final de fevereiro
2015

 

Isso é um aviso verdadeiro ditado pela NASA. Cerca de 70 asteroides, cerca de 1 km de largura, ameaçam a Terra. Estes espaço de pedregulhos poderia criar consequências devastadoras, desastrosas, se eles atacarem nosso planeta.
Cerca de 70 asteroides monitorados pelo radar a partir da rede de vigilância espacial da NASA e do Comando Espacial, haveria alguns daqueles que alcançar um diâmetro de cerca de 100 metros, enquanto alguns atingem o tamanho de um ônibus de dois andares. Este lixo espacial seria capaz de causar danos significativos.

Especialistas alertam que, se um desses monstros, alguns dos quais viajam até 70.000 milhas por hora atingisse a Terra, poderia "alterar a vida como a conhecemos." Impacto seria catastrófico, destruindo a cidade e criar uma fenda nas redes de transporte e comunicação. De acordo com o programa de Objetos Próximos à Terra da NASA, há previsões marcantes e alarmantes. Até o final de fevereiro, a Terra terá vários encontros próximos com cerca de 68 asteroides e este alarme não deve ser subestimado.
Nos próximos dias uma rocha perto da Terra espaço de 450 metros de largura. Seu nome é YQ96 de 2005. O asteróide atualmente zunindo pelo espaço a mais de 30,000 mph, uma bala real. Mas uma outra rocha espacial muito grande, a Terra vai aumentar em 12 janeiro. É chamado 2007EJ, um asteróide que está viajando a uma velocidade de 34,500 mph.

Especialistas dizem que, embora seja pouco provável que um deles irá atingir a Terra, sempre há uma chance de que um deles pode mudar trajetórias, em seguida, ir para fora do curso, e explodir em contato com a atmosfera, lançando assim um chuveiro detritos de fogo na Terra.

Bill Napier, um professor de astronomia na Universidade de Buckinghamshire, disse: " Estamos acompanhando de perto estes asteroides, e não devemos subestimar o perigo de impacto. No entanto colisões com detritos espaço menor, ocorrem com mais frequência, e mais raramente com asteroides de maior diâmetro (1,2 milhas), que pode causar uma catástrofe global e exterminar cerca de dois terços da raça humana, principalmente por causa do calor . Existe também o perigo apresentado por cometas, e isto ocorre num tempo muito mais curto ".

As advertências vêm depois de cientistas de todo o mundo ter alarmado os líderes dos governos do mundo, afirmando que há cerca de um milhão de asteroides não detectados atualmente voando no espaço. Eles disseram que, sem a melhor tecnologia e meios de desvio dessas pedras gigantes, poderia haver a possibilidade de que algumas delas atingissem a Terra e desencadeando uma catástrofe semelhante à que matou os dinossauros há 65 milhões de anos atrás. NASA disse que está ciente de 1.552 asteroides "potencialmente perigosa" (PHA) que viajam através do espaço e mostrando órbita perigosamente próximo ao da Terra.
Fonte:http://www.segnidalcielo.it

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »