22/10/2014 às 13h15min - Atualizada em 22/10/2014 às 13h15min

Falso médico aplica injeção e mata paciente; CN falou com a família (ouça)

cornelionoticias

Em Uraí, no distrito de Serra Morena, a família conversou com o repórter do programa de rádio Cornélio Notícias, Luis Lucas da Terra Nativa AM 810, ao vivo na edição desta terça-feira (21). A morte de Agenor Pedro, 45 anos é investigada pelo delegado de polícia daquele município, Dr. Damião Benassi Junior.

Segundo a esposa do paciente, Rosangela Aparecida dos Santos, a vítima morreu dentro da Santa Casa de Uraí após dar entrada por suspeita de traumatismo crânio-escefálico, devido a um esbarrão de um animal no sítio da família.

Uma injeção aplicada pelo médico teria provocado uma parada cardíaca em Agenor que não resistiu. A morte aconteceu no dia nove de agosto de 2014 e o caso foi registrado na delegacia de polícia. Segundo o delegado Damião, o “Doutor Igor” como era conhecido, trata-se de um falso médico com CRM de outra pessoa. Ele atendia como plantonista da Santa Casa desde março deste ano (2014), segundo a família da vítima. A direção do hospital não se manifestou.  

A família explica como tudo aconteceu e cobra justiça.

 


Família Vítima


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »