24/09/2014 às 15h28min - Atualizada em 24/09/2014 às 15h28min

Facilidade em dobrar pode danificar bateria e tela do iPhone 6, diz revista

Bateria pode explodir e tela exibir imagens com qualidade pior, diz 'Wired'. Novo celular da Apple se curva até com empurrão dos dedos.

G1

A facilidade com que o iPhone 6 se dobra ao ser colocado no bolso pode danificar a tela e prejudicar o funcionamento da bateria, já que o aparelho não foi feito para que sua estrutura se curvasse, segundo especialistas ouvidos pela revista especializada “Wired”.

De acordo com a publicação, não é apenas a espessura do aparelho, de 6,9 mm, a menor já concebida para um aparelho da Apple, a responsável pela capacidade de o aparelho se curvar. Além de fino, o celular é feito em grande parte de alumínio, um material flexível. Considerando as duas características, basta uma força de torque para as dobras aparecem – colocá-lo no bolso, por exemplo.

Um usuário publicou no YouTube um vídeo em que mostra que, com pouco esforço, é possível dobrar o iPhone sem quebrar a tela. Ele usa os dedos para empurrar a parte traseira do aparelho para dobrá-lo.

A deformação do chassi, no entanto, não é sem consequências, já que o aparelho não foi concebido para ser curvo, à exemplo do LG G Flex, aponta a revista.

“LCDs são feitos com delicados painéis de vidro traseiros e dianteiros. Mesmo que eles não quebrem, colocar estresse sobre o material sobre eles podem afetar um alinhamento crítico entre as camadas traseira e dianteira de vidro, o que poderia afetar significantemente a performance da tela e a qualidade de imagem”, afirmou à publicação Raymond Soneira, presidente da DisplayMate, uma firma especializada em telas.

Esse desalinhamento pode provocar irregularidades no brilho nas bordas da tela, a sensação de “pixels mortos” e até linhas coloridas pela tela. Já a bateria pode explodir se for submetida a estresse constante.

O consolo dos donos do iPhone 6 é que há uma placa de metal separando a tela do restante dos componentes do celular, o que dificulta, por exemplo, que a pressão seja transferida para a bateria, afirmou Kyle Wiens, da iFixit, empresa que conserta iPhones e iPads danificados.

Para os que ignorarem todos os prognósticos e continuarem a sentar sobre seus iPhones 6, Soneira aconselha que o aparelho seja guardado no bolso com as costas viradas para o forro da calça.

Até a publicação deste texto, a Apple não havia se pronunciado sobre o assunto nem informado se os aparelhos danificados seriam substituídos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »