23/07/2014 às 09h04min - Atualizada em 23/07/2014 às 09h04min

Tamanduá filhote é resgatado pela polícia ambiental

A destruição dos ambientes naturais, matas e florestas, através dos desmates e queimadas, é apontado como principal ameaça à espécie.

http://tnonline.com.br/

A Polícia Militar Ambiental esteve no local e após constatar que o animal ainda se encontra em período de dependência da mãe, providenciou o seu encaminhamento ao setor veterinário da Universidade Estadual de Londrina (UEL), para que receba os cuidados necessários ao seu desenvolvimento até uma possível reintegração ao seu habitat natural.

Esse tipo de animal tem hábito solitário, alimenta-se de cupins, formigas e abelhas, sendo facilmente identificado por suas listas nas costas, parecidas como a de um “colete”. Quando filhote é carregado no dorso da mãe ou deixado em alguma toca até que fique mais velho, para então poder acompanhar a mãe em suas atividades de alimentação.

A destruição dos ambientes naturais, matas e florestas, através dos desmates e queimadas, é apontado como principal ameaça à espécie.

A 2ª Companhia de Policia Militar Ambiental com sede em Londrina, alerta que não se deve realizar a captura desse animal em seu habitat natural, porém, caso seja encontrado em local diverso, com risco a sua integridade ou de outrem, deverá ser informado imediatamente os órgãos ambientais para que se de a destinação adequada para cada espécie.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »