23/07/2014 às 08h38min - Atualizada em 23/07/2014 às 08h38min

Em mega operação, DENARC prende traficantes que agiam no Norte Paranaense

Anuncifácil

Agentes da Divisão Estadual de Narcóticos da Polícia Civil do Estado do Paraná (Denarc-PR) prenderam na manhã de terça-feira (22), cinco suspeitos de integrar uma quadrilha de narcotraficantes que vendiam cocaína e crack em Apucarana, Arapongas, Londrina e Cornélio Procópio, na região norte do estado.

Duas pessoas que também são suspeitas de participarem do grupo estão foragidas.

As investigações que levaram à desarticulação do grupo iniciaram em fevereiro de 2014 e se intensificaram após a polícia prender oito pessoas e apreender duas toneladas de maconha na rodovia PR-218, no início de junho deste ano.

A droga era comprada no Mato Grosso do Sul e revendida no norte do Paraná. Durante a operação, a polícia ainda apreendeu um carro, R$ 12 mil em dinheiro vivo e 200 gramas de cocaína com uma das pessoas que foi presa em Londrina.

Segundo o delegado responsável pela operação, Ricardo Casanova, o centro de operações da quadrilha funcionava em Apucarana e a droga era revendida para fornecedores de Arapongas, Londrina e Cornélio Procópio.

Nas investigações, a Denarc descobriu ainda que o grupo movimentava em torno de 20 kg de cocaína ou crack por mês. “Essa associação criminosa movimentava entre R$ 200 mil e R$ 400 mil por mês. Era um grupo bem organizado e articulado”, detalha o delegado.

“Nós descobrimos essa quadrilha depois de termos realizado uma operação específica em cima de uma das pessoas que foi presa nesta terça-feira. A partir dela descobrimos todo o esquema de compra, venda e distribuição de drogas na região. Depois disso, conseguimos chegar até os suspeitos”, explica Ricardo Casanova.

As cinco pessoas estão presas na penitenciária de Apucarana.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »