15/07/2014 às 14h42min - Atualizada em 15/07/2014 às 14h42min

Lixão Clandestino em Uraí causa perigo

DP Jornalismo Milenium FM
Alguns moradores do município de Uraí, talvez por comodismo ou por falta de conhecimento da Lei ambiental,  estão jogando lixo doméstico e dispensando galhos e moveis velhos e quebrados na rua José Carlos Dias, mais precisamente atrás do cemitério municipal.
Infelizmente com essa atitude está nascendo um novo “LIXÃO” clandestino no município, gerando um possível risco de incêndio nas plantações que existem nos arredores, ou até mesmo de prejudicar a saúde dos moradores que residem naquela localidade, pois constantemente existem fumaça saindo pela queima dos lixos.
Preocupados com este fato, dois agricultores denunciaram e solicitaram providencias na Delegacia de Policia Civil, pois eles possuem uma plantação de milho  que esta totalmente seca e prestes a ser colhida, ao lado do deposito de lixo, e estão com receio que o fogo  passe para a lavoura, e venham a obter prejuízos irreparáveis .  
Talvez, o que muitos não saibam, é que tais atos constituem crimes ambientais, previstos na lei Lei Nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, art. 54-  “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora”, pode levar  multa e prisão.
Sendo assim, por que tanta gente insiste em infringir a legislação, correndo o risco de ser preso e pagar uma bela multa?
A explicação é a mesma para vários problemas relacionados a criminalidade no nosso país: impunidade.
Poucas pessoas sabem que é crime jogar lixo nos rios e em lugares não apropriados (apesar de todos saberem que tal atitude é, no mínimo, mal educada),  até porque nunca foram repreendidos por isso.
Poucos são os que fiscalizam e conseguem flagrar essas atividades ilícitas e, quando os que praticam são pegos, muitas vezes recebem uma pena restritiva de direitos, em substituição à prisão (prestar serviços comunitários, suspender as atividades que estão causando o dano, coisas do tipo).
Procurados por nossa redação;  a Policia Civil, informou que irão abrir inquérito, informar o caso a Policia Ambiental, investigar e punir os culpados. Já a Prefeitura de Uraí, repassou que os galhos e moveis velhos deverão ser jogados no antigo lixão municipal, e no caso dos lixos domésticos vistos no local, estes deverão ser entregues no caminhão da coleta do lixo, que inclusive esta sendo realizada regularmente em todas as ruas do município.
 Acreditamos que com esta informação, muitas pessoas irão passar a ver os crimes ambientais com outro olhos. Muitos poderão tirar a duvida do que é crime e do que não é, onde denunciar e, o mais importante: saberão que tais irregularidades não podem ser encaradas com naturalidade. É nossa obrigação denunciar tudo aquilo que prejudica o meio ambiente em que vivemos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »