28/05/2014 às 09h58min - Atualizada em 28/05/2014 às 09h58min

"Curso de Medicina é de Cornélio", afirma jornal de Santo Antônio da Platina

Cornelio Notícias

Cornélio fica com Medicina, Bandeirantes com 2 engenharias e Santo Antônio com reitoria e 5 cursos.
Reunião com reitor da Universidade Federal do Paraná foi ontem em Curitiba.

O prefeito platinense Pedro Claro de Oliveira Neto do DEM,informou por telefone ao npdiario na noite desta segunda-feira, dia 26, que o reitor da Universidade Federal do Paraná, Zaki Akel Sobrinho, propôs,durante reunião ocorrida na parte da manhã, em Curitiba, alguns cursos para os platinenses e para os prefeitos de Bandeirantes, Celso Silva(PDT) e de Cornélio Procópio,Fred Alves (PSC), também presentes. O assunto tratado foi a extensão do curso de Medicina da Universidade Federal do Paraná,reivindicado pelos três municípios.

Cornélio, como era esperado, ficou com Medicina; Bandeirantes com Engenharia de Produção e Engenharia de Energias Renováveis e Santo antônio da Platina com licenciatura em Ciências Exatas, Licenciatura em Ciências Biológicas, Engenharia da Aquicultura e Pesca, Engenharia de Cartografia e Agrimensura e Arquitetura.

O chefe do executivo adiantou que pedirá uma reunião entre a Comissão de Cidadania em Defesa da Medicina, vereadores e prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro nos próximos dias para discutir o que fazer com a proposta.

Embora a boa vontade do prefeito é praticamente certo que a decisão já foi tomada pelo Ministério da Educação junto coma a UFPR e o que o reitor pretende é somente aparar arestas até porque no dia cinco de outubro haverá eleições.

A campanha feita na região é considerada histórica.Nunca o Norte Pioneiro se mobilizou de maneira tão forte e apartidária como a que agora se revela não uma derrota, mas tampouco uma vitória.O resultado é que outras campanhas devem ser desenvolvidas visando o bem comum.

Pedro Claro também informou que a cidade sediará a reitoria, que é a administração do campus, o que também é vantajoso porque trará mais empregos e um relativo poder de decisão.A ideia é,além dos cinco já indicados para Santo Antônio, abrir outros cursos superiores em Siqueira Campos,por exemplo. Tudo leva a crer que, "batido o martelo" há a possibilidade de se promover concursos vestibulares para os primeiros cursos quase acordados nesta segunda-feira no meio do ano que vem.

O deputado estadual Pedro Lupion(DEM), o presidente da Amunorpi,o prefeito de Barra do Jacaré e presidente da Amunorpi, Edmar de Freitas Alboneti (PP),os prefeitos de Siqueira Campos, Fabiano Lopes Bueno (PSB),Tomazina, Guilherme Saliba(PSB),o vice-prefeito platinense Jorge Garrido(PMDB), o chefe da Ciretran,Jeferson Oliveira, e oito dos nove vereadores de Santo Antônio da Platina também estavam em Curitiba e chegaram a participar de uma reunião prévia com o reitor.Mas, o encontro mais importante foi mesmo com os três prefeitos e a portas fechadas.

Enquanto o vereador Valdir do Foto(PSB) ficou satisfeito, "todos queríamos Medicina, mas é melhor esses cinco cursos do que nada",declarou.O colega, Aguinaldo do Carmo(PSC) tem opinião distinta,"sou irredutível,o curso de Medicina tem que ser implantado em Santo Antônio e não Cornélio,,devemos insistir nesse reivindicação", defende.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »