21/11/2013 às 08h35min - Atualizada em 21/11/2013 às 08h35min

Novos policiais contratados são apresentados no 2º Comando em Londrina

DP Jornalismo Milenium FM / fotos: aen.pr.gov.br
Governo do Paraná contratou mais 2.223 novos policiais e 210 bombeiros militares para reforçar a segurança em todo o Estado. E nesta quarta-feira (20), de novembro  em frente ao 2º Comando Regional da Policia Militar em Londrina, aconteceu a solenidade de apresentação dos 400 novos  alunos do curso de Formação de Soldados 2013/2014 da Policia Militar.  O governador Beto Richa esteve em Londrina para receber os  novos policiais que atuarão no próprio município e em Jacarezinho, Apucarana, Rolândia, Cornélio Procópio, Ivaiporã e Arapongas.  Na solenidade foram apresentados, também, os 26 novos bombeiros para Londrina e Maringá. 
O aumento do efetivo faz parte das ações do programa Paraná Seguro. De 2011 para cá, o governo estadual contratou 5.500 novos policiais militares e civis. “É a maior contratação da história do Estado”, afirmou o governador Beto Richa, na solenidade em Londrina, com a presença do secretário estadual da Segurança, Cid Vasques; do comandante-geral da Polícia Militar, coronel César Vinícius Kogut,  do prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff e do Vice Presidente da Câmara de Vereadores Gustavo Richa, do  Coordenador da COMEL Vitor Hugo Boselli Dantas,  entre outras autoridades presentes.   . 
“Com as ações do governo estadual na área de segurança todas as regiões do Estado tiveram redução na taxa de criminalidade, de homicídios e apreensão de grande volume de drogas”, afirmou o governador. Ele ressaltou que foram realizados investimentos vigorosos, tanto na contratação de novos policiais como em melhoria das condições de trabalho, como a aquisição de viaturas, equipamentos e treinamentos, para todos os municípios. O governador citou outras importantes ações para a área de segurança de Londrina e região. Foi instalado o Grupamento Aeropolicial-Resgate Aéreo (Graer), uma nova Delegacia de Homicídios e uma nova sede do 2º Comando Regional da Polícia Militar. O comandante geral da PM, coronel Cesar Kogut, disse; os novos soldados serão destinados a todas as unidades da polícia militar de Londrina. Dos 400 novos policiais, 170 atuarão em Londrina. Os municípios de Jacarezinho, Apucarana, Rolândia, Cornélio Procópio e Ivaiporã receberão, cada um, 40 novos policiais. Outros 30 irão para Arapongas. 
“Esse reforço representa fôlego, principalmente no interior”, afirmou o comandante da PM. “Os novos policiais e bombeiros passam por treinamento adequado, decente e de acordo com o que espera a população e também de acordo com a preocupação do governo”, afirmou Kogut. 
Os policiais terão um ano de formação. A etapa teórica é de seis meses e abrange todas as áreas de atuação – ações policiais, trânsito, ambiental e socorros. Depois, eles passam por estágio supervisionado já nas ruas, nas cidades onde irão atuar, aprimorando o treinamento em policiamento comunitário. 
Também estiveram presentes na solenidade o CONSEG-URAÍ, o Presidente da Câmara de Vereadores Claudinei L. dos Reis, o Vice Prefeito Sergio H. Pitão, e comitiva. Na oportunidade com a intervenção do vereador do município de Londrina Gustavo Richa, foi concedido uma reunião  com o Comandante Geral da PM,  Coronel Cesar Vinicius Kogut, para tratar de assuntos da segurança do município de Uraí. Os representantes de Uraí, com o apoio influente do vereador Gustavo Richa, fizeram  um pedido ao Coronel Kogut, para que fosse determinado a permanência no município, do soldado que é retirado de Uraí para cumprir guarda  no mini presidio de Cornélio Procópio, e isso já é uma luta antiga. E na presença do Major Luiz Roberto Costa comandante do 18º Batalhão de Cornélio Procópio, que também esteve presente,   o Coronel fez uma orientação, afirmando para o Major que atendesse o pedido realizado pela comissão uraiense e do vereador Gustavo Richa. 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »