05/11/2013 às 09h13min - Atualizada em 05/11/2013 às 09h13min

Cansado de sofrer com ''Síndrome do Pânico'', homem de 54 anos de idade tira a própria vida em N. América da Colina

anuncifacil.com.br

Na manhã de segunda, Osvaldovino Rocco, 54, deixou a esposa no trabalho, avisou que iria levar o carro no mecânico, mas se dirigiu a residência de sua mãe que não estava em casa e se enforcou.

Segundo o cunhado da vítima, de nome Eriberto Bezerra de Melo, Osvaldino que era mais conhecido como “Dinho”, foi funcionário público e se aposentou muito cedo. Ele era ex-alcoólatra e sofria de uma depressão profunda, agravada pela Síndrome do Pânico.

Dinho passava por tratamento, mas mencionou ao cunhado que não aguentava mais a doença e pensava em acabar de uma vez com o sofrimento.

A vítima foi encontrada dependurada em uma viga de um cassebre nos fundos da residência, com uma corda enrolada no pescoço e uma faca presa em uma das mãos.

Eriberto acredita que Dinho tenha pensado em cortar a corda se algo desse errado ou se ele mudasse de ideia.

A Polícia Militar foi chamada, que por sua vez acionou a Polícia Civil, que depois de fazer todo o levantamento do local, liberou o corpo da vítima para ser encaminhado ao Instituto Médico Legal de Londrina.

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »