27/10/2013 às 23h19min - Atualizada em 27/10/2013 às 23h19min

Em Uraí, dona de casa tira a própria vida por intriga de vizinha

DP Jornalismo Milenium FM

Um caso trágico chamou a atenção da população de Uraí,  no inicio da tarde de domingo (27) de outubro  por volta das 12:55 horas,  a equipe de serviço da Policia Militar do 3º Pelotão,  formada pelo SD. Delssasso, SD. Augusto e SD. Anderson foi acionada por um morador que estava bastante assustado e passou a relatar  que  uma senhora de nome  Odete (45) anos, teria pego uma arma de fogo e desferido um tiro no próprio peito e que   encontrava-se na Santa Casa de Uraí.

De posse da informação a equipe  deslocou-se para o Pronto Socorro local, onde  uma enfermeira do SAMU passou as informações que uma paciente tinha dado entrada no PS com uma perfuração causada por projétil de arma de fogo na altura do tórax, e o seu estado inspirava cuidados, e  ela seria transferida para a Santa Casa de Cornélio Procópio, onde teria melhores condições para o acompanhamento, mesmo assim veio a obito nesta madrugada.

Com a afirmativa da ocorrência os policiais foram ouvir o  amasio  da vitima   o Sr. Mario que também estava no PS  e ao ser indagado sobre o ocorrido informou  que ele estava almoçando na casa de um vizinho,  junto com varias pessoas e que a Sra. Odete tinha ficado em casa. Em um determinado momento no decorrer do almoço, uma das pessoas presente a (filha do vizinho),  começou a gritar  palavras ofensivas a moral da Sra. Odete, e não se contentando e com  agressividade foi até o portão da sua casa  e continuou aos gritos com as palavras ofensivas.  Foi neste momento que ouviram o barulho de um  tiro, imediatamente o Sr. Mario que estava no portão, entrou correndo e encontrou a Sra. Odete caída no piso da copa na residência desfalecida, com um tiro no peito,   porem com vida, e a arma estava próximo ao  corpo. Em seguida os vizinhos também entraram e ajudaram a socorrer a vitima levando até a Santa Casa local.

Diante dos fatos os policiais apreenderam um revolver marca Taurus, calibre 0,32 com cinco munições  intactas e uma deflagrada, e foi encaminhado juntamente com o Sr. Mario para a Delegacia de Policia Civil,   para que fossem tomadas as providencias cabíveis ao fato,  Segundo informações com escrivão Marcelo, diante dos fatos será instaurado um inquérito pela Policia Civil  para que sejam apuradas as responsabilidades do caso.     


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »