27/05/2013 às 15h36min - Atualizada em 27/05/2013 às 15h36min

Polícia Militar Ambiental apreende 1800m de redes no rio Congoinhas na cidade de Rancho Alegre

Capitão PM Ricardo Fardim Eguedis, Comandante da 2ª Cia de Polícia Ambiental

Neste Sábado e Domingo, dias 25 e 26 de maio, foram realizados diversos trabalhos de fiscalização após o recebimentos de denúncias de moradores e pessoas da região de Rancho Alegre e de Sertaneja, relatando a existência de pescadores predatórios agindo principalmente nas águas do rio Congonhas, e que suas atividades estavam acontecendo principalmente durante a tarde e a noite.

Os policiais fizeram busca nos locais denunciados, onde localizaram durante toda a noite várias redes de pesca em situação irregular.

Foram totalizadas 1.800m de redes e 150 metros de "espinhel" utilizados na pesca predatória, instaladas e armadas dentro do leito do rio e represa, de forma extremamente predatória pois não possuíam plaqueta obrigatória de identificação de pescador profissional, e estavam com malhas de tamanho inferior a permitida pela legislação e grande parte  estavam expostas e armadas de maneira irregular, várias com menos de 150 metros de distância umas das outras.

Os policiais efetuaram buscas na região abordando veículos, pessoas nas áreas ribeirinhas em busca de autores de crimes ambientais, mas não foram localizados, entretanto, é considerada como positiva a localização e apreensão do material de pesca ilegal, pois serão destruídos.

Todos os peixes que haviam sido capturados nas redes foram soltos no rio, pois ainda estavam vivos.

Todo o material de pesca ilegal encontrado foi apreendido e encaminhado para a sede da Segunda Companhia de Policia Militar Ambiental em Londrina, onde será destruído e o material reciclável será posteriormente doado, dando uma destinação correta.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »