08/03/2013 às 09h12min - Atualizada em 08/03/2013 às 09h12min

Atores da Vida

Crônicas do Jair Padeiro

http://jairpadeiro.wordpress.com/

Enquanto estivermos olhando no espelho para admirar nossa beleza, ou para enchermo-nos de orgulho e achar que somos mais importantes que os outros porque a vida nos sorriu, não teremos nenhum valor, porque o espelho reflete somente uma ilusão.

Somos pobres e vazios, e no mundo em que vivemos somos seres frágeis e pequenos. A grandeza surge somente quando assumimos uma atitude de humildade diante da vida. O orgulho é o maior pecado que carregamos no coração.

O mundo onde vivemos e um imenso palco onde o espetáculo é a vida da qual nós somos atores. O filme da vida tem cenários diferentes uns dos outros. Porém, um cenário que nunca devemos apresentar para o mundo e o cenário da ganância, do egoísmo, da ira e da maldade. O mundo espera de nós o cenário do amor e da humildade. Essa é a nossa missão, esse é o filme que devemos apresentar para o mundo.

Nas cenas do filme da nossa vida, a mais importante não é a cena da ira ou da vingança, nem do orgulho. A cena mais importante é a da emoção, do amor, cenas que tiram lágrimas e arrancam aplausos da plateia.

O filme da vida é um longa metragem, mas um dia ele terá o seu final. A vida é uma gangorra que sobe e desce ate desaparecer.

E quando as cortinas estiverem se fechando ao final do nosso espetáculo, então é a hora de olharmos no espelho para fazermos uma reprise de todas as cenas do filme que apresentamos. E o remédio ou o veneno que nós espalhamos no imenso palco da vida, vai aparecer na tela do nosso coração para nos mostrar as cenas de amor ou de maldade que apresentamos. O subconsciente será o produtor do espetáculo.

Nesse finalzinho do filme, porem antes ainda das cortinas se fecharem, nos saberemos o que apresentamos como atores da vida: se tiramos lágrimas e aplausos da plateia ou plantamos somente maldades.

A vida poderá nos dar o Oscar que jamais será esquecido, ou também poderemos sair de cena sem sequer deixar saudades.

Se a vida nos deu todo conforto pra desfrutarmos, isso é um presente de Deus. Porém, mesmo no sofrimento podemos ser felizes. A importância da vida está em olharmos no espelho e ver nele refletida a nossa felicidade porque no filme da vida fomos um bom ator.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »