02/03/2013 às 15h40min - Atualizada em 02/03/2013 às 15h40min

Médico da Santa Casa se envolve em novas reclamações sobre atendimento no hospital municipal

anuncifacil.com.br

 

Um jovem acabou se contundindo durante uma partida da de futebol na unidade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) na tarde de sexta feira (1º) e após ser atendido pelo SAMU foi encaminhado a Santa Casa onde deveria passar por exames, mas chegando ao pronto socorro o tratamento foi diferente, conforme relatou a professora que visitou o jovem no hospital.

 

    Segundo a professora Sonia Maria Rodriguez, o rapaz aguardou um bom tempo para ser atendimento e após ser examinado pelo clínico Pedro Okabe, morador da cidade de Uraí que presta atendimento no hospital municipal procopense e passar pelo raios-X, este informou que não havia acontecido nada e o rapaz deveria voltar no dia seguinte para ser atendido por um ortopedista, mas o jovem mal conseguia andar, relatou a docente.

 

    De acordo com a professora Sonia, a enfermeira aconselhou que o jovem tomasse apenas uma “dipirona” por conta própria para passar a dor.

O rapaz estuda em Cornélio Procópio vindo de outra cidade e mora sozinho, longe dos pais e não tem condições para se dirigir ao hospital sem ajuda.

 

O aluno de nome Caio confirmou o relato da professora e com muita dor disse que não conseguia colocar o pé no chão.

 

Nesta nova reclamação nenhum funcionário da Santa Casa se pronunciou como ocorreu anteriormente.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »