30/01/2013 às 13h18min - Atualizada em 30/01/2013 às 13h18min

Rodeio de Cornélio divide opiniões.

Você é a favor ou contra?

RC1490.com

Foi programado para o mês de fevereiro em Cornélio Procópio a realização do Rodeio da cidade. Com a organização da Prefeitura Municipal este evento vem dividindo opiniões e causando desconforto a sociedade protetora dos animais. Por anos não foi realizado o evento na cidade e com a administração Fred ele volta a acontecer.

No último sábado foi realizado a escolha da rainha do Rodeio, evento realizado com jurados do município para a escolha da representante da festa. A volta do rodeio foi uma das promessas do Prefeito Fred após cobrança de moradores da cidade. Mas pelo que tudo indica o evento não é unanimidade.

O colunista Amauri Brevilheri e apresentador do Programa Fala Cidade da Rádio Cornélio, levantou a bandeira de proteção aos animais e já se manifestou contra a realização do evento, que pode gerar um custo de até R$ 50 mil reais aos cofres públicos, de acordo com o comunicador.

Brevilheri também cobrou uma atitude da Sociedade Protetora dos Animais, para que entre nessa campanha que visa evitar a realização do evento que está marcada para os dias 14, 15 e16 de Fevereiro. A festa com duração de três dias significa o sofrimento de dos animais que serão explorados no evento e por outro lado a alegria de peões e adeptos ao evento.

De acordo com a Declaração Universal dos Direitos dos Animais, nenhum animal deve ser maltratado. E ainda reafirma que “O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender os animais”. E se durante a realização de qualquer evento que utilize animais a lei é rigorosa.

Sancionada, dia 12 de fevereiro de 1998, pelo presidente da República, Fernando Henrique Cardoso. No capítulo V – Dos Crimes Contra o Meio Ambiente

Seção I – Dos Crimes contra a Fauna

 Art. 32º Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

 Pena: detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Rodeio

No Paraná da festa do Peão de Colorado reuni milhares de pessoas em uma semana de festa, já no estado vizinho São Paulo Barretos leva o nome de capital do rodeio, seguido de perto de Jaguariúna e Americana. Essas cidades elevam em muito o seu faturamento devido à participação de pessoas de todo o país. 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »